Avião de carga da Sterna saiu da pista no Aeroporto de Recife – Tripulantes ilesos

Um avião de transporte de carga Airbus A300-B4-203F da companhia brasileira Sterna Linhas Aéreas sofreu na manhã desta sexta-feira, dia 21 de outubro, um incidente quando pousava no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na cidade do Recife, Estado de Pernambuco.

Segundo fontes aeroportuárias terá sido uma avaria no trem de pouso dianteiro que provocou o colapso do nariz da aeronave e consequente arrastamento da pista em que aterrava, cerca das 06h30 locais. O tráfego esteve interrompido cerca de 40 minutos, segundo fontes da Infraero, empresa pública responsável pela gestão do aeroporto. A pista foi aberta em apenas 1.800 metros de extensão, suficiente para o movimento de aviões previsto para esta manhã de sexta-feira. Tem uma extensão de 3.000 metros.

O avião, registo PR-STN, encontra-se no Brasil há menos de um ano ao serviço da Sterna, uma companhia de carga aérea também criada há cerca de um ano. Antes de obter a matrícula brasileira, este A300 esteve ao serviço da Pan Am, desde 1985, passando depois pela DHL e pela Transcarga International Airways, da Venezuela, de onde saiu em 2015.

Segundo a Infraero, o avião da Sterna, que trazia uma carga postal do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, pousou normalmente, mas a certa altura saiu da pista principal com o trem dianteiro quebrado, tendo se imobilizado num caminho de circulação lateral à pista (taxiway).

Uma equipa de peritos do Centro de Prevenção a Acidentes Aéreos (Cenipa) está nomeada para avançar com as perícias e inquérito que deverão conduzir ao apuramento das causas do incidente.

Não se registaram danos pessoais entre os três ocupantes da aeronave, que desembarcaram pelas mangas pneumáticas de emergência do aparelho.

 

  • Foto © Jorge Moraes/Diário de Pernambuco

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica