Aviões colidem no aeroporto de La Guardia/Nova Iorque – Apenas estragos numa asa

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Dois aviões Boeing 737 colidiram ao fim da manhã de hoje, horas locais, no Aeroporto de La Guardia, em Nova Iorque, também conhecido pela designação New York City.

A colisão deu-se quando um avião da American Airlines proveniente de Dallas, seguia para o estacionamento e se encontrou com outro da Southwest Airlines, que saia do estacionamento ao lado para se dirigir para a pista e iniciar a descolagem para Denver.

Os aviões tocaram-se, por falta de perícia de alguém, não necessariamente dos pilotos, já que a manobra é comandada do exterior, tendo saltado um bocado do rebordo da ponta da asa esquerda do Southwest, quando esta tocou na cauda do avião da American Airlines.

Os dois aviões foram entregues aos cuidados dos serviços de manutenção das suas companhias e os passageiros deverão ser encaminhados noutros voos, se bem que os prejuízos sejam de pouca monta. Mas, como tudo em aviação, o conserto tem de ser certificado antes das aeronaves serem declaradas aptas para voar.

Nas redes sociais correm diversas imagens do incidente, um ‘fait-divers’ num dia de aeroportos cheios e com alguns atrasos devido ao meu tempo que continua a sentir-se nos Estados Unidos da América.

 

asa
Um técnico de manutenção da Southwest transporta a parte da asa do Boeing 737-700 da companhia que se desprendeu depois da colisão.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...