Azores Airlines voará o ano inteiro entre a ilha da Madeira e Nova Iorque/JFK

O Grupo SATA e a Associação de Promoção da Madeira anunciaram nesta segunda-feira, dia 5 de setembro, que a operação aérea que liga a ilha da Madeira à cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, terá carácter permanente, a partir do próximo Inverno IATA. O primeiro voo entre a ilha portuguesa e o Aeroporto Internacional John Fritzgerald Kennedy (JFK) desta nova temporada está previsto para o próximo dia 3 de novembro de 2022.

Como aconteceu no Inverno passado, os voos serão realizados pela companhia portuguesa Azores Airlines, que está sediada na Região Autónoma dos Açores e com quem a Associação de Promoção da Madeira, tem estado a negociar com vista à concretização desta nova rota direta durante todo o ano, com voos semanais. Os promotores contam também com o apoio de alguns operadores turísticos. A rota tem despertado grande interesse, não só entre potenciais turistas norte-americanos, cuja chegada e permanência em hotéis da Madeira foi significativa no Inverno passado, como também entre os muitos milhares de madeirenses e descendentes que vivem na costa leste dos EUA. Para estes trata-se de uma opção excelente, na medida em que evita a escala em Lisboa, que não só demora mais a viagem e aumenta o preço, como também evita as esperas num aeroporto que hoje está saturado em termos de movimento.

“Este é um momento de grande satisfação para a Região Autónoma com a inovadora operação Madeira-Nova Iorque durante o ano inteiro. Depois da realização, pela primeira vez, dos voos diretos entre a Madeira e o Aeroporto JFK, a partir de novembro de 2021, criámos condições para ampliar as ligações continuamente de uma estação para a outra, o que é importante para quem quer viajar e para o mercado, pela confiança que transmite”, afirma o presidente da Associação de Promoção da Madeira e secretário regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, citado em nota de imprensa distribuída nesta segunda-feira no Funchal.

O governante dirigiu também uma palavra de reconhecimento ao Grupo SATA “pelo diálogo permanente que tem mantido com a Madeira, o qual tem permitido que as coisas aconteçam”.

Por seu turno, a diretora de Marketing e Vendas do Grupo SATA destaca a possibilidade de dar “continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos com a Região Autónoma da Madeira, com a oferta de ligações aéreas ao longo de todo o ano”.

Graça Silva considera ainda relevante consolidar a posição da SATA junto do mercado regional, que a seu ver “tem um enorme potencial” e “colaborar no desenvolvimento de um destino extraordinário”.

No âmbito desta operação, serão desenvolvidas campanhas de cobranding e ainda ações promocionais conjuntas nos Estados Unidos da América, “dando, assim, continuidade e a reforçar todo o trabalho e esforços aplicados no mercado norte-americano”.

A Azores Airlines vai operar uma vez por semana. Durante o período de Inverno IATA, a saída de Nova Iorque será à quinta-feira, pelas 21h20 (locais) e chegada à Madeira às 08h35 (locais) do dia seguinte. Por seu turno, a ligação Madeira-Nova Iorque/JFK, faz-se à sexta-feira, com partidas às 17h05 e chegada a Nova Iorque às 19h55.

A partir do Verão IATA 2023 (que se inicia a 26 de março), a saída de Nova Iorque passa para a segunda-feira, pelas 20h55 (locais) com chegada ao Funchal no dia seguinte, mais precisamente às 09h00 (locais). A ligação Madeira-Nova Iorque/JFK realiza-se à terça-feira, com partidas às 16h00 e chegada a Nova Iorque às 18h50.

A primeira ligação direta Madeira-Nova Iorque/JFK, no último Inverno IATA, verificou-se a 29 de novembro 2021 e prolongou-se até o dia 24 de maio de 2022. Durante este período foram realizadas 19 frequências e transportados 4.041 passageiros no total.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica