B767-300ER da Euro Atlantic chega a Lisboa com 114 ventiladores da China

Um avião da companhia portuguesa Euro Atlantic Airways (EAA) transportou desde o Aeroporto Internacional de Pequim/Capital, uma carga de 114 ventiladores invasivos destinados aos hospitais do Serviço Nacional de Saúde, em Portugal, que ainda não tinham sido entregues devido a atrasos na produção, num período de grande procura internacional, devido à pandemia do covid-19.

O voo foi feito por um Boeing 767-300ER, matrícula CS-TST, que foi posicionado na capital chinesa na passada sexta-feira, dia 14 de agosto. Saiu de Lisboa pelas 14h04, tendo seguido em voo direto até Pequim, onde aterrou pelas 08h59 locais deste sábado, dia 15, depois de 11h55 de voo.

Ainda neste sábado o avião português descolou de Pequim pelas 23h43 locais, rumo a Lisboa. Faez uma escala no Aeroporto Internacional de Tbilisi, na República da Geórgia, para reabastecimento e descanso da tripulação, após o que rumou até Lisboa, onde aterrou pelas 20h31 locais deste domingo, dia 16 de agosto.

O B767-300ER, matrícula CS-TST, é um dos aviões da EAA transformado para receber Cargas Sanitárias COVID-19, com capacidade para carregar 121 metros cúbicos (m3), na cabina, somadas aos 110m3 dos porões, o que perfaz um total de 231 m3 de capacidade disponível em cada voo.

 

  • Notícia atualizada pelas 22h00 UTC do dia 16 de agosto de 2020

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica