Bem-vindo, !|Sair

Bell 525 de testes despenhou-se matando os dois pilotos

 width=

O programa de testes do novo helicóptero super-medium, fly-bi-wired da Bell, o B525 Rentless, sofreu um duro revés devido ao acidente que ocorreu esta manhã desta quarta-feira, dia 6 de julho, no Condado de Ellis, Estado do Texas, nos Estados Unidos da América.

 

No acidente pereceram os dois pilotos de testes, que estavam a seguir um voo de ensaio programado, a norte das instalações de Arlington da Bell Helicopters.

Nas imagens divulgadas pelas estações locais podemos ver os destroços perto de uma linha de alta tensão.

Acidente-de-Bell-525-Rentless-Testes

 

Acidente-de-Bell-525-Rentless-Testes-2

Foi confirmado pela Bell a presença de um segundo helicóptero na área e perto da aeronave acidentada, que estava na altura a acompanhar e a prestar assistência aos testes, também a serviço da Bell, tendo aterrado em segurança.

Testemunhas ouvidas pelos media locais afirmaram ouvir uma explosão antes da queda, e uma outra ao canal Fox 4 avançou ter visto uma explosão perto dos cabos de alta tensão seguido da queda abrupta ao solo.

Esta versão foi imediatamente desmentida pelo gabinete de segurança pública do Texas, que revelou não haver qualquer dano na linha de alta tensão, e que nenhuma falha de electricidade foi reportada na zona.

A NTSB, organismo responsável pela investigação de acidentes de aviação, auto-estradas, marinha, transporte tubular e caminhos-de-ferro, dos EUA, já comunicou via Twitter que se encontra no terreno a investigar o acidente.

 

“Este foi um dia devastador para a Bell Helicopter, estamos muito afectados e tristes pela perca de dois membros da nossa equipa. Já contactamos as suas famílias e estamos a fornecer todo o apoio devido”, declarou a Bell Helicopters num comunicado após o acidente.

“Pedimos a todos vós a vossa compreensão enquanto trabalhamos todos os detalhes para perceber o que aconteceu. Continuaremos a  fornecer dados e informações sobre o acidente conforme forem aparecendo”,declarou ainda a Bell.

Sobre o Bell 525 Rentless

 

Este modelo é visto como uma nova família de helicópteros, os chamados super-medium, com cerca de 20.000 libras (9000 kgs) de peso máximo à descolagem com configuração típica de 16 lugares e dois pilotos. Tem uma velocidade de cruzeiro de 155 kts para distancias até 500 milhas náuticas.

Assim que tiver certificado será o primeiro helicóptero comercial civil fly-by-wire, certificado de acordo com os standards de aeronavegabilidade Part 29 .

O helicóptero acidentado era um de dois protótipos que actualmente estavam em testes para o fabricante. Na linha de montagem está o protótipo número de serie 3 que em breve deverá juntar-se ao programa de testes.

Desde março de 2016, altura em que a Bell publicou alguns dos resultados dos testes, o Bell 525 Rentless voara 130 horas de teste, estando o  programa adiantado cerca 40%, em relação às expectativas de certificação no final do ano de 2017.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica