Binter Cabo Verde pronta a voar inter-ilhas em Setembro deste ano

A Binter Canárias considera Cabo Verde um mercado importante na nova estratégia comercial da empresa. A companhia do arquipélago espanhol vizinho no Atlântico promete qualidade, competência e concorrência com a TACV na ligação inter-ilhas, a partir do mês de Setembro, disse Pedro Agustín del Castillo, presidente da Binter, durante um jantar oferecido a um grupo de jornalistas cabo-verdianos, por empresários e autoridades canárias, na ilha de Grã Canária, na passada semana.

Um artigo publicado no jornal digital cabo-verdiano ‘A Semana refere que o presidente da Binter olha para Cabo Verde como um ponto estratégico para expansão das suas rotas e por isso quer oferecer aos cabo-verdianos um serviço de qualidade, principalmente no que tange ao transporte aéreo inter-ilhas.

O jornal explica que Pedro del Castillo disse aos jornalistas do arquipélago africano que a Binter Canárias pretende programar as rotas domésticas de forma progressiva. Numa primeira fase com duas aeronaves, que poderão ser reforçadas com mais três aparelhos. Para tal, o executivo da empresa aérea canária espera prestar um serviço de qualidade para ganhar a confiança dos cabo-verdianos.

Em relação aos preços de bilhetes, o presidente da Binter Canárias não quis alongar-se em comentários, afirmando apenas que será competitivo e de acordo com a real necessidade dos cabo-verdianos.

 

Processo de certificação em curso junto da AAC de Cabo Verde

Segundo anuncia, já está em curso o processo para criar a Binter Cabo Verde, depois virá o pedido de certificação técnica e uma licença de exploração junto da Agência de Aviação Civil (AAC) de Cabo Verde, o que permitirá à companhia realizar os voos domésticos normalmente.

Tudo indica que a Binter Canárias tem pressa para pôr este projecto em prática. A imprensa espanhola anuncia que a companhia aérea encomendou seis ATR’s 72-600 no valor de 150 milhões de dólares. As aeronaves serão entregues ainda este ano.

A empresa possui actualmente 17 ATR’s e um Bombardier, este propriedade da Air Nostrum utilizado em conexões internacionais. Os novos ATR’s têm uma autonomia de voo de até 900 milhas náuticas e podem transportar entre 68 a 74 passageiros. A sua capacidade de carga anda à volta dos 7.500 quilos. Em 2013, a Binter foi reconhecida como “Empresa Aérea do Ano”, pela Associação de Linhas Aéreas Regionais da Europa (ERA).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica