Bem-vindo, !|Sair

Binter Cabo Verde vai proceder a evacuações médicas sob determinadas condições

A Binter Cabo Verde vai proceder a evacuações médicas “sempre que estiver garantida a segurança” do doente, “assim como a do resto dos passageiros e da tripulação”.

Em comunicado citado pela Lusa, divulgado esta semana na Cidade da Praia, a empresa aérea afirma que o Governo cabo-verdiano “solicitou à Binter Cabo Verde todo o apoio técnico necessário para realizar as evacuações, com todas as garantias de segurança e conforto, ao lançar um sistema de evacuação mais eficiente e profissional, tendo em conta que, nem a Binter CV nem a sua tripulação, são especializadas neste tipo de serviço”.

Atualmente, o transporte de doentes é assegurado por uma aeronave portuguesa, alugada ao Estado cabo-verdiano para o transporte de doentes.

O protocolo agora assinado entre o Diretor Nacional de Saúde da República de Cabo Verde e o diretor-geral da Binter Cabo Verde estabelece que “as evacuações deverão ser comunicadas com uma antecedência mínima de 48 horas, exceto nos casos de manifesta urgência”.

“Em todos os casos, as evacuações realizar-se-ão unicamente se se cumprirem os requisitos necessários para garantir a segurança do evacuado, do resto dos passageiros e da tripulação”, lê-se na nota informativa distribuída na quarta-feira, dia 14 de novembro.

Os doentes “devem ter as autorizações médicas necessárias para serem transportados e acompanhados por um profissional de saúde devidamente identificado, que poderá prestar-lhe a assistência médica necessária durante o voo”.

A Binter acrescenta que “não obterá nenhum benefício económico com a realização das evacuações”, refere o comunicado citado pela agência de notícias portuguesa Lusa.

 

  • Foto © Inforpress/Cabo Verde

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica