Bem-vindo, !|Sair

Binter diz que voos inter-ilhas em Cabo Verde só aguardam as licenças

A companhia regional Binter Canarias, com sede e base operacional no Aeroporto de Gando, na ilha de Grã Canária, revelou que não irá entrar na competição dos voos do arquipélago espanhol atlântico para a Península Ibérica, onde estão a disputar o tráfego as companhias nacionais Iberia e Air Europa, além da Ryanair e a Norwegian.

Pedro del Castillo, presidente da Binter, disse que o plano de expansão da empresa aérea das Canárias, prevê, tal como já foi anunciado anteriormente (LINK nossa notícia relacionada), a abertura de uma base operacional na República de Cabo Verde, inicialmente para começar a funcionar no fim de 2015, mas que foi adiada para o corrente ano.

“As ilhas de Cabo Verde são como as ilhas Canárias dos anos sessenta e estão instaladas diversas empresas espanholas de hotelaria e turismo, como a Riu e a Meliá. Para impulsionar o desenvolvimento do país, fazem falta ligações aéreas entre as ilhas para turistas e viajantes em negócios” disse Pedro del Castillo ao jornal económico espanhol ‘Expansión’

A Binter espera receber as licenças necessárias para iniciar as ligações inter-ilhas dentro de dois meses. Trata-se de um projeto, no qual a companhia canária investiu cerca de quatro milhões de euros e que empregará 80 profissionais nas ilhas de Cabo Verde.

 

Recorde-se que as ligações aéreas com a República de Cabo Verde, quer inter-ilhas, quer para o exterior, dependem em grande parte da companhia aérea nacional TACV (Transportes Aéreos de Cabo Verde), empresa que se encontra numa situação económico-financeira muito complicada. A entrada da Binter irá certamente ajudar numa melhor e mais diversificada oferta regional, ao mesmo tempo que poderá colmatar diversos constrangimentos hoje verificados na rede aérea comercial do país.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica