Bem-vindo, !|Sair

Brasília celebrou o primeiro pouso do A330-900neo da TAP Air Portugal

A TAP Air Portugal levou, pela primeira vez, na passada quarta-feira, dia 27 de fevereiro, ao Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, Distrito Federal, um dos seus Airbus A330-900neo, que desde o passado mês de dezembro estão a voar para o Brasil. Neste momento a companhia tem três aparelhos deste tipo em operação nas rotas de médio longo curso. Nas próximas semanas, e até final do ano, continuarão a chegar até um total de 14 unidades que foram encomendadas à fábrica europeia.

Foi um estreia absoluta, não só do avião da companhia aérea portuguesa, que tem voos diários de Lisboa para a capital brasileira, como foi, também, a estreia deste novo modelo de aeronave de longo curso da Airbus em Brasília.

O acontecimento teve destacado relevo na imprensa local e por iniciativa da concessionária do aeroporto, a Inframerica, foi permitida a entrada nas instalações aeroportuárias, de um grupo de spotters que puderam assim captar as melhores imagens deste momento inédito para as suas coleções.

O avião pousou pelas 17h00 locais e foi recebido com a tradicional saudação de arco de água, feita por duas viaturas pesadas de pronto-socorro dos bombeiros, que assim ‘batizaram’ o A330-900neo da TAP, um avião que transporta 298 passageiros em três classes.

Brasília é desde esta semana a quarta cidade mundial a receber voos regulares com este tipo de aeronave de passageiros, já que a TAP ainda é a única que tem o modelo em operação.

A TAP opera desde há 10 anos de Lisboa para o Aeroporto de Brasília. Presentemente é a única companhia comercial que faz voos diretos e regulares para a Europa. A ligação é importante, não só para a TAP, como também para a capital do Brasil. Muito do movimento de entidades nacionais e estrangeiras que se saem ou se deslocam a Brasília, desde que com destino ou provenientes da Europa, respetivamente, preferem fazer uma única escala em Lisboa.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica