Canadá mantém fronteiras encerradas a estrangeiros até ao dia 21 de janeiro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O Canadá anunciou neste domingo, dia 29 de novembro, uma nova extensão até 21 de janeiro de 2021, do encerramento das suas fronteiras a estrangeiros cuja presença não é considerada essencial.

Desde o passado mês de março, os viajantes que chegam ao Canadá, canadianos ou não, têm sido sujeitos a uma quarentena obrigatória de 14 dias para evitar a propagação do novo coronavírus.

A fronteira do Canadá com os Estados Unidos da América também permanecerá fechada até 21 de dezembro, ao abrigo de um acordo bilateral separado com o governo norte-americano. Só é permitido o comércio de bens e mercadorias e viagens consideradas essenciais. O encerramento da fronteira terrestre mais longa do mundo foi decidido em março e pode ser prolongado para além de 21 de dezembro, disse o governo canadiano num comunicado.

O governo diz que “estará em posição” a partir de 21 de janeiro de harmonizar possíveis extensões das suas fronteiras com as dos Estados Unidos e outros países em todo o mundo, bem como a ordem de quarentena obrigatória.

Desde o início de junho, os estrangeiros podem juntar-se à sua família que vive no Canadá se forem cônjuges, filhos, pais ou tutores legais de cidadãos canadianos. Caso contrário, só são admitidos aqueles cuja presença em solo canadiano é considerada essencial, tais como certos empregados.

Neste domingo, em que foi estendida a proibição da entrada livre de viajantes no País, o Canadá tinha registado mais de 360.000 casos de covid-19 e mais de 12.000 mortes provocadas pela pandemia.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...