Bem-vindo, !|Sair

China revela quinta geração do caça FC-31

A AVIC chinesa expôs, pela primeira vez, um modelo da quinta geração do caça FC-31 no Salão Aeronáutico do Dubai, depois deste conceito ter sido mostrado no Airshow China, em Zhuhai, no ano passado. Produto do conceito de Shenyang, o FC-31 baseia-se em larga medida no protótipo “J-31” (31001) que está a voar desde 2012, mas revela consideráveis diferenças para com este avião. As asas são mais curtas e mais viradas para trás do que as do protótipo e o sistema do sensor electro-óptico está colocado por debaixo do nariz.

A AVIC (Aviation Industry Corporation of China) terá alegadamente desenvolvido o avião para exportação, embora tenham surgido algumas sugestões de que o avião tenha sido concebido para operações em porta-aviões. O protótipo tem um trem de aterragem dianteiro de duplo rodado, uma característica partilhada com a maioria dos caças embarcados. No cenário da exportação, o avião dirige-se a países que procuram uma avião ao estilo do F-35 mas a um custo mais baixo. Superficialmente, o FC-31 partilha muitas semelhanças com o avião da Lockheed Martin, como uma forma de reduzida detecção, um vasto poço interno para armamento e a capacidade para transportar seis suportes nas asas em modo “não furtivo”.

A AVIC apenas divulgou uma especificação base do avião FC-31, com um comprimento de 55 pés e 1,5 polegadas (16,79 m), uma envergadura de 37 pés e 8,75 polegadas (11,49 m) e uma altura de 15 pés e 8,5 polegadas (4,79 m). O peso máximo à descolagem indicado é de 55.000 libras e a capacidade de transporte de armamento de 17.600 libras. A AVIC afirma que o FC-31 será capaz de alcançar um tecto de serviço de 52.500 pés (16.000 m) e uma velocidade máxima de Mach 1.8 e um raio de acção em combate de 648 nm (1200 km). A estrutura está preparada para suportar até +9/-3G e tem uma vida útil de serviço projectada para 6000 a 8000 horas ou 30 anos. O protótipo 31001 voou primeiro com motores russos Klimov RD-93, mas espera-se que o avião produzido em série seja equipado com motores de origem chinesa, como o Guizhou WS-13A.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica