Colisão de aeronaves de patrulha acrobática cancela ‘Beja Air Show’ – Um dos pilotos morreu

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Dois aviões da patrulha acrobática Yakstars, formada por seis aeronaves Yakovlev Yak-52 e igual número de pilotos civis portugueses e espanhóis, colidiram em voo na tarde deste domingo, durante uma exibição no festival aéreo ‘Beja Air Show’, organizado neste fim-de-semana pela Força Aérea Portuguesa (FAP).

A FAP confirmou a colisão através da rede social ‘X’ (ex-Twitter), que ocorreu pelas 16h05. “Temos meios de socorro no local a prestar emergência, de acordo com plano de segurança estabelecido e imediatamente acionado”, comunicou então a Força Aérea.

O alerta foi dado às 16h15 horas, na zona sul da Base Aérea de Beja (BA11), tendo se deslocado também para o local meios de socorro das corporações de bombeiros da região que integravam o dispositivo de segurança do festival.

As estações de televisão portuguesas anunciaram poucos minutos depois do acidente que um dos pilotos morreu no solo, após a queda da aeronave. Um post da Força Aérea na rede ‘X’ confirmou pelas 18h30 deste domingo a ocorrência de uma vítima mortal, um piloto de nacionalidade espanhola, de 62 anos de idade. “É com enorme sentimento de pesar e de consternação que a Força Aérea presta as maiores condolências à família, amigos e conhecidos, estando profundamente solidária nesta hora de perda”, refere o comunicado oficial.

O segundo piloto envolvido na colisão conseguiu aterrar a sua aeronave em segurança, tendo sido levado ao Hospital de Beja, pois apresentava alguns ferimentos. Trata-se de um português. Teve alta hospitalar pelas 21h00 deste domingo, tendo regressado a casa.

Face à ocorrência a Força Aérea decidiu cancelar o festival, lamentando o acidente e pedindo aos milhares de pessoas que se deslocaram a Beja para regressarem à suas casas em segurança.

Os aviões Yakovlev Yak-52 foram criados e desenhados pela ex-União Soviética e voaram pela primeira vez em 1976. Foram fabricados na Roménia entre 1977 e 1998 pela Aerostar.

A patrulha acrobática Yakstars, de acordo com a página de Internet da Força Aérea, é uma equipa de exibição acrobática, a primeira da história da aviação ibérica militar e civil, composta por pilotos de ambos os países. Considerada “a maior equipa civil de exibição acrobática existente no sul da Europa e uma das maiores do mundo”, a Yakstars tem como bases Casarrubios, perto de Madrid, em Espanha, e Ponte de Sor, no Alto Alentejo, em Portugal.

Uma fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) disse à agência portuguesa de notícias ‘Lusa’ que o organismo já fez deslocar uma equipa para a Base Aérea N.º 11, de Beja.

“O GPIAAFF está a articular-se com a Força Aérea no que diz respeito às atividades de investigação”, visto que o festival em que ocorreu o acidente “é organizado e tem espaço aéreo controlado” por este ramo das Forças Armadas, acrescentou a fonte.

Foto de abertura © Ana Maria Rodrigues/Rede ‘X’ (ex-Twitter)

Notícia atualizada às 23h55 UTC

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Lufthansa City Airlines arranca no dia 26 de junho com voo Munique-Birmingham

A Lufthansa City Airlines, a companhia aérea mais jovem...

Bubaque, no Arquipélago dos Bijagós, terá um novo aeroporto para tráfego regional

O Governo da República da Guiné-Bissau e a ‘Royal...

Sevenair Academy vai treinar pilotos cadetes nórdicos nas suas instalações em Ponte de Sor

A Sevenair Academy, escola portuguesa de pilotos e técnicos...

Governo de Angola contrata empresa britânica para elaborar o Plano Diretor da nova ‘Aerotropolis de Luanda’

A empresa britânica ‘Foster + Partners’ foi contratada pelo...