Bem-vindo, !|Sair

Comissário de bordo tentou suicídio a bordo de A380 da British

Um comissário de bordo da British Airways que viajava como passageiro num voo da companhia britânica tentou cometer suicídio a bordo da aeronave, mas acabou por ser descoberto a tempo e assistido pelos colegas de serviço que o estabilizaram, com a ajuda de um médico, e o levaram para um hospital de Reiquejavique, capital da Islândia, para onde o A380 da linha Los Angeles (EUA) – Londres/Heathrow (voo BA282) foi obrigado a divergir.

A notícia foi divulgada pelo jornal inglês ‘The Sun’ que relata que o tripulante que viajava fora de serviço foi descoberto devido a um alerta dos ocupantes da Classe Executiva que estavam desconfiados com a demora de um passageiro nos lavabos.

Forçada a porta, os comissários de bordo depararam-se com o colega esvaído em sangue, pois tinha cortado os dois pulsos com um objecto não identificado.

O comandante resolveu imediatamente divergir a aeronave para o Aeroporto de Reiquejavique, na Islândia, onde o ferido foi imediatamente conduzido para um hospital, estando livre de perigo.

A companhia aérea, contatada pelo ‘The Sun’ não quis comentar o sucedido, mas em comunicado deu conta do atraso do voo devido a uma escala imprevista do avião na Islândia, a fim de ser prestada assistência médica a um passageiro.

O voo BA282 tinha saído de Los Angeles, na costa oeste dos Estados Unidos da América pelas 15h50 locais de segunda-feira, dia 9 de maio. Deveria aterrar em Londres/Heathrow pelas 10h00 de terça-feira, dia 10 de maio. A escala imprevista atrasou a chegada em cerca de 02h20 minutos.

O ‘The Sun’ refere que o ‘Super Jumbo’ da BA viajava completamente cheio, e que muitos dos passageiros eram pessoas ligadas à indústria do cinema em Hollywood, que se deslocavam para o Festival de Cinema de Cannes, a decorrer em França nesta semana.

 

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica