Bem-vindo, !|Sair

Companhias aéreas que deixem de voar para Venezuela não poderão voltar…

Nicolás Maduro, presidente da República Bolivariana de Venezuela, ameaçou ontem, sexta-feira, dia 15 de Março, as companhias aéreas internacionais com ordem de expulsão definitiva se por acaso deixarem de operar no país ou que, de qualquer forma reduzam o número de voos para a Venezuela.

Foi assim que foram entendidas as palavras do Chefe de Estado venezuelana, quando falou numa conferência de imprensa que teve lugar no Palácio Presidencial, em Miraflores (Caracas)

Contra a linha aérea que reduza os voos “tomarei medidas severas”, prometeu. “Linha aérea que deixe o país, não voltará [a operar na Venezuela] enquanto formos Governo. [Para voltarem], terão que derrotar-nos”, assegurou Nicolás Maduro.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica