DHL Express investe na expansão do terminal de carga do Aeroporto do Porto

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A empresa de logística e transporte de encomendas DHL Express Portugal vai investir 25 milhões de euros no Aeroporto Francisco Sá Carneiro/Porto, para responder à indústria do Norte e Centro do País, revelou nesta segunda-feira, dia 6 de fevereiro, a companhia.

“A DHL Express Portugal anuncia que vai começar as obras de expansão do seu terminal no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, uma obra que conta com um investimento de cerca de 25 milhões de euros”, pode ler-se num comunicado da transportadora.

De acordo com a DHL Express Portugal, o investimento “tem como propósito responder às crescentes necessidades de transporte expresso internacional da grande indústria exportadora do Norte e Centro de Portugal”.

A empreitada “tem início em março de 2023 e está previsto terminar em julho de 2024”, segundo a DHL Express.

“Com a obra de expansão pretende-se alargar as atuais instalações para um lote adjacente”, refere a empresa, “a área total de terreno a ser de 18.135 m2 [metros quadrados]”.

Quanto ao edifício de operações, a sua área útil “triplicará para 10.893 m2” e, “consequentemente, a capacidade de processamento aumentará também em 150% na importação, para 6.000 peças/hora, e em 300% na exportação, para 5.000 peças/hora”.

“A nível de cais de carga, estas instalações permitem 125 posições de carga e descarga para veículos de distribuição e mais seis posições para carga e descarga de veículos pesados”, detalha a empresa.

Os cais de carga “estarão também preparados para a instalação de carregadores elétricos, o que permitirá eletrificar 60% da frota, até 2030, e atingir a neutralidade carbónica em 2050”.

Já as áreas sociais e administrativas “vão também aumentar 200%, para 1.600 m2, permitindo melhores condições de trabalho para as mais de duas centenas de pessoas que trabalham atualmente naquelas instalações”.

A DHL Express iniciou a sua atividade no Aeroporto Francisco Sá Carneiro em 2012, e a atual estrutura está “no seu limite de capacidade”, de acordo com a empresa.

A par da modernização no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a DHL Express “está a aguardar uma solução há mais de oito anos” para a modernização das suas instalações no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, num projeto de 50 milhões de euros.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal retomou rota direta entre a Venezuela e a ilha da Madeira

– Cerimónia oficial e decoração a preceito na zona...

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...