Dois aviões de longo curso avariados em Goose Bay, no norte do Canadá

Um avião Airbus A330-300 da companhia norte-americana Delta Air Lines que fazia um voo de Atlanta, no Estado da Geórgia, para o Aeroporto de Amsterdão/Schiphol, na quinta-feira, dia 26 de outubro, foi obrigado a fazer um pouso de emergência no Aeroporto da Base Militar de Goose Bay, na província da Terranova e Lavrador, no norte do Canadá, devido a uma avaria num motor.

O avião, matrícula N813NW, fazia o voo DL70, tendo partido de Atlanta pelas 15h30 locais. Tinha chegada prevista à cidade holandesa para as seis horas da manhã desta sexta-feira. A aeronave ficou retida para inspeção e manutenção por parte dos técnicos da companhia aérea que chegaram na manhã desta sexta-feira, dia 27, a Goose Bay, a bordo de um Boeing 777-200LR, que transportou os passageiros para Amesterdão/Schiphol, onde deve aterrar pelas 20h20 locais desta sexta-feira.

A Delta AIr Lines confirmou o incidente e anunciou que os passageiros seriam reembarcados num avião que chegaria de Atlanta, sede e principal base operacional da companhia norte-americana, o que, na verdade, aconteceu.

Desconhece-se a extensão dos estragos que o motor do A330-300 sofreu, pois não mostra exteriormente quaisquer anomalias, ao contrário do motor de um Airbus A380 da Air France (matrícula F-HPJE) que também se encontra em Goose Bay parado desde o passado dia 30 de setembro, devido a um incidente num motor que perdeu algumas partes quando sobrevoava a Terra Nova (LINK notícia relacionada).

A companhia francesa já anunciou que o A380 será retirado de Goose Bay em breve com apenas três motores operacionais, enquanto o motor avariado será desmontado e levado para Cardiff, para uma das principais linhas de montagem dos motores Rolls-Royce, onde será submetido a testes para determinar o que terá corrido mal naquele voo da companhia francesa. No lugar do motor avariado será montado um outro igual, mas apenas para estabilizar e igualar o peso nas asas, pois fará a viagem desligado. Ainda não foi revelado o dia em que o ‘SuperJumbo’ irá deixar o Canadá, rumo a Paris. Encontra-se parado há quase um mês.

Pouco mais se sabe sobre o avião da Delta Air Lines. Após a inspeção dos técnicos nesta sexta-feira, deverá ser tomada uma decisão.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica