EasyJet cancela voos devido a surto de covid-19 que afeta tripulantes britânicos

A EasyJet informou no domingo, dia 3 de abril, que o seu movimento será fortemente afetado nesta segunda-feira, dia 4, devido ao facto de um considerável número de tripulantes e trabalhadores em terra da companhia terem entrado de baixa médica devido a um novo surto de infeções por covid-19 que está a assolar o Reino Unido.

A empresa britânica de voos de baixo custo estima que sejam canceladas cerca de 100 ligações, sendo cerca de 60 com partida de aeroportos do Reino Unido, onde já começou a temporada de férias da Páscoa, e há grande número de pessoas prontas para viajar. A situação poderá manter-se, com menor dimensão, na terça-feira e outros dias desta semana, até ao regresso dos funcionários doentes.

Entretanto, desde a passada sexta-feira que os aeroportos britânicos enfrentam dificuldades em operar com normalidade devido à falta de pessoal o que está a provocar longas filas nos pontos de controlo de segurança e de embarque. Em Manchester verificou-se no fim-de-semana uma situação de verdadeiro caos, nomeadamente no sector de controlo e encaminhamento de bagagens.

“Infelizmente, foi necessário cancelar voos de hoje e de amanhã [terça-feira]. Lamentamos qualquer incidente que a situação está a causar”, refere uma nota de imprensa distribuída pela companhia.

Manchester, no norte de Inglaterra, e o Terminal 2 em Londres/Heathrow, têm sido os aeroportos mais afetados.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica