EasyJet fica com 25 Airbus A320 e mil tripulantes da Air Berlin

A companhia de baixo custo europeia EasyJet anunciou neste sábado, dia 28 de outubro, que chegou a acordo com a os gestores da Air Berlin para a compra de 25 aviões Airbus A320 da sua frota que ficarão baseados no Aeroporto de Berlim/Tegel. O pacote inclui ainda os slots da extinta companhia aérea alemã no mesmo aeroporto e a contratação de 1.000 pilotos e tripulantes de cabina.

O comunicado distribuído pela EasyJet confirma o negócio e diz que a companhia de matriz britânica desembolsou, para já, 40 milhões de euros. As negociações irão continuar, pois há pormenores a afinar depois deste acordo de princípio, que deverão estar concluídas até final do ano. Os contratos com os novos tripulantes baseados em Berlim serão feitos de acordo com a legislação alemã, observa a nota de imprensa.

O anúncio surge poucas horas depois da Air Berlin, companhia aérea alemã que entrou em bancarrota após 39 anos no mercado, ter feito o seu último voo. Por coincidência entre Munique e Berlim/Tegel.

O comunicado destaca que a EasyJet, juntamente com a operação que já realiza à partida do Aeroporto de Berlim/Schönefeld, passará a ser “a principal companhia aérea de Berlim”.

Recorde-se que no passado dia 12 de outubro o grupo aéreo alemão Lufthansa tinha anunciado que chegara a acordo com os gestores da massa falida da Air Berlin para a aquisição de 81 dos 144 aparelhos da Air Berlin e que ficaria com um terço do seu quadro de pessoal. Não foram revelados números sobre este negócio, mas a imprensa alemã avançou que deveria atingir 1,5 mil milhões de euros.

Os dois negócios, o do Grupo Lufthansa e o da EasyJet, precisam ser aprovados pelos credores e administradores da insolvência da Air Berlin, e pelas autoridades europeias dos setores da Aviação e da Concorrência.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica