Emirates, Etihad, Air France e KLM proibidas de aterrar na Nigéria

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Emirates está proibida pelo Governo da Nigéria de voar para este país africano a partir desta segunda-feira, dia 21 de setembro. A proibição estende-se a outras companhias, nomeadamente Air Namibia, RwandAir, Etihad Airways, Air France e KLM.

O anúncio foi feito pelo ministro da Aviação da Nigéria, Hadi Sirika, na sua conta de ‘Twitter’, na passada sexta-feira, dia 18 de setembro. A decisão de Hadi Sirika não encontrou qualquer explicação até agora, apesar das várias perguntas que têm sido feitas sobre a questão.

Contudo, em relação à Emirates, consta em círculos políticos nigerianos, que a posição de Hadi Sirika seja uma retaliação à suspensão, pelos Emirados Árabes Unidos (EAU) da concessão de vistos a cidadãos nigerianos que pretendam deslocar-se para o Dubai e não-renovação das autorizações de residência de outros nigerianos que estão nos EAU.

No mês passado, a Embaixada dos Emirados na Nigéria negou as acusações. “No início da pandemia de covid-19, os Emirados Árabes Unidos tomaram uma série de medidas cautelares para combater a propagação do vírus, incluindo a suspensão temporária da emissão de vistos para todas as nacionalidades a partir de 17 de março”, explicou a representação diplomática.

“Depois de entrar na fase de recuperação da pandemia, os Emirados Árabes Unidos relaxaram algumas medidas no dia 7 de julho, permitindo que visitantes de vários países aderissem às medidas de precaução necessárias, incluindo a apresentação de resultados negativos de testes de PCR feitos 92 horas antes sua viagem para os Emirados Árabes Unidos. Isso inclui aqueles que vêm da Nigéria ”, disse o porta-voz da embaixada.

Além da Emirates, que tinha retomado os voos para Lagos em 7 de setembro e Abuja em 9 de setembro, a Nigéria colocou na lista negra da Air Namibia, RwandAir, Etihad Airways, Air France e KLM. A situação destas duas últimas empresas e da Lufthansa (que ainda não tinha sido autorizada a retomar os voos) pode mudar em breve. Isso graças ao encontro da passada sexta-feira entre o Embaixador da União Europeia na Nigéria e o ministro da Aviação deste país africano.

 

  • Na imagem de abertura vemos o avião da Emirates na chegada a Lagos, há poucos dias, aquando da retoma dos voos regulares para Lagos (Nigéria), rota que foi agora interrompida por decisão governamental. Foto © Emirates.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...