Escócia coloca viajantes procedentes dos Açores e da Madeira na lista verde

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Os viajantes que desde este sábado, dia 3 de outubro, entrem nos aeroportos da Escócia, oriundos dos arquipélagos portugueses dos Açores e da Madeira, já não necessitam de cumprir quarentena de 14 dias, o que alivia as medidas que estavam impostas nomeadamente aos turistas escoceses que se deslocavam às ilhas portuguesas do Atlântico.

A medida que impõe a quarentena mantém-se contudo para outros viajantes que sejam procedentes de aeroportos de Portugal continental, nomeadamente Lisboa, Porto e Faro/Algarve.

A nova decisão administrativa das autoridades escocesas está em vigor desde as quatro horas da madrugada deste sábado e vem alinhar a Escócia com as outras nações do Reino Unido, nomeadamente Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte, que já tinham diferenciado as ilhas portuguesas do resto do país em termos de restrições de viagem.

Entretanto, todas as diferentes regiões do Reino Unido decidiram esta semana excluir a Polónia, a Turquia e as ilhas das Antilhas Holandesas de Bonaire, Santo Eustáquio e Saba da lista de destinos seguros, pelo que os viajantes que cheguem ao Reino Unido terão de cumprir quarentena a partir deste sábado. Os infratores incorrem em multas que podem ir até 10.000 libras esterlinas (cerca de 11.000 euros).

As autoridades da Escócia tinham decretado a obrigação de quarentena às pessoas que chegassem de Portugal na sua totalidade em 5 de setembro.

O País de Gales foi a primeira região britânica a diferenciar os arquipélagos dos Açores e da Madeira e Açores, onde o número de infeções tem sido reduzido, de Portugal Continental, onde tem sido registado um aumento de casos.

O governo britânico reproduziu este conceito a partir de 12 de setembro, alegando que a informação mais detalhada permitia avaliar ilhas separadamente dos territórios continentais e passou a instituir “corredores de viagem regionais”.

Um dos principais critérios para a exclusão da lista de destinos seguros é quando o país regista mais 20 casos por 100 mil habitantes ao longo de uma semana.

A atualização da lista dos países e territórios com ‘corredores de viagem’ para o Reino Unido, ou seja, isentos de cumprir quarentena à chegada, feita esta semana, deixa aos britânicos apenas seis destinos sem restrições de viagem já que a maioria, incluindo a Madeira e Açores, exigem testes negativos ou um período de confinamento.

Estes destinos são Itália, Grécia, Suécia, Alemanha, Gibraltar e São Marino.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...