EUA levantam restrições a viajantes europeus a partir de novembro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Os Estados Unidos da América (EUA) anunciaram nesta segunda-feira, dia 20 de setembro, que, a partir do início de novembro, passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia e do Reino Unido, entre outros países, desde que tenham a vacinação completa.

Os viajantes devem apresentar prova de vacinação e um teste negativo feito três dias antes da viagem, disse Jeff Zients, chefe da equipa de combate contra a pandemia de covid-19 da Casa Branca, durante uma conferência de imprensa virtual.

Os passageiros que cumpram estes requisitos não ficam obrigados sequer a uma quarentena, informou Zients.

As restrições de viagens, que vigoravam desde março de 2020, estavam a ser criticadas pelos parceiros europeus, onde os níveis de vacinação são superiores aos dos Estados Unidos.

O Governo norte-americano vai ainda exigir às companhias aéreas que colijam informações de contacto de viajantes internacionais, para facilitar o rastreamento de eventuais casos de contágio, explicou Zients.

Logo que foi difundida a notícia, diversos países europeus saudaram o anúncio do levantamento de restrições impostas pelos EUA aos viajantes estrangeiros para entrarem no país a partir de novembro, desde que totalmente vacinados contra a covid-19.

O Reino Unido considerou que esta medida do Governo norte-americano era uma “ótima notícia”.

“Ótimas notícias para viajantes do Reino Unido para os Estados Unidos. Isso é importante para a nossa recuperação económica, para as nossas famílias e para o nosso comércio”, disse a secretária britânica dos Negócios Estrangeiros, Liz Truss, na sua conta da rede social Twitter.

Também o Governo alemão se congratulou com esta medida dos EUA, salientando a sua importância para a economia do país.

“São excelentes notícias para os investimentos alemães e europeus, bem como para as nossas exportações para o nosso relacionamento transatlântico”, disse hoje o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, Olaf Scholz, na sua conta de Twitter.

A Comissão Europeia também já saudou o anúncio do levantamento de restrições a viajantes estrangeiros impostas pelos EUA, considerando que era uma “medida aguardada”.

“Saudamos o anúncio dos Estados Unidos de que viajantes europeus totalmente vacinados em breve poderão viajar de novo para os Estados Unidos. Esta é uma medida há muito esperada por famílias e amigos separados e uma boa notícia para as empresas”, disse a Comissão numa mensagem na rede social Twitter.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal retomou rota direta entre a Venezuela e a ilha da Madeira

– Cerimónia oficial e decoração a preceito na zona...

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...