Euro Atlantic realiza voo sanitário para a Guiana Francesa

A companhia portuguesa Euro Atlantic Airways (EAA) foi novamente contratada pelo Governo de França, para uma missão sanitária, a fim de transportar 33 médicos e bombeiros, além de vária carga, para a Guiana Francesa, um dos territórios ultramarinos franceses na costa nordeste da América do Sul.

O avião utilizado, um Boeing 777-200ER, matrícula CS-TFM, partiu da cidade francesa de Marselha pela 09h43 desta quarta-feira, dia 24 de junho, tendo aterrado no Aeroporto Félix-Éboué (CAY) localizado a 13 quilómetros de Caiena, capital da Guiana Francesa, pelas 13h19 locais, ao fim de 08h36 de voo.

As infeções provocadas pela covid-19 na região, que faz fronteira com o Estado de Amapá, Brasil, quadriplicaram nas últimas duas semanas e duplicaram na última (353 novos casos), tendo sido restabelecida a ordem de recolher entre a população local, uma medida que tinha sido aliviada em maio passado. Há um alerta de recrudescimento da pandemia na Guiana, o que levou o governo de Paris a tomar as devidas medidas de emergência.

O voo da EAA foi coordenado pela ‘Flytrans International Forwarders’, transportou ainda 25 toneladas de carga, nomeadamente equipamentos para uso hospitalar e médico, para assistência aos doentes de covid-19.

Em dezembro passado a companhia aérea portuguesa tinha feito outro serviço para o Governo de França, também em condições de emergências sanitária. Transportou de França para o Arquipélago das Comores, frente à cidade de Pemba (Província de Cabo Delgado, Moçambique), uma força da Proteção Civil e Polícia Nacional (Gendarmerie) e equipamentos que foram posicionados em Mayotte face a um “alerta laranja” da passagem do ciclone tropical ‘Belna’, que afetou toda aquela região do Oceano Índico.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica