EuRoC junta mais de 500 estudantes universitários de 11 países europeus

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A cerimónia de abertura do ‘EuRoC – European Rocketry Challenge’, uma competição de lançamento de foguetes destinada a estudantes universitários europeus, decorreu nesta quarta-feira, dia 12 de outubro, no Aeródromo de Ponte de Sor, distrito de Portalegre, no centro de Portugal. A cerimónia contou com a presença da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do presidente da Agência Espacial Portuguesa, do presidente da Câmara de Ponte de Sor, bem como de representantes do Exército Português.

Para além da cerimónia de abertura, o segundo dia da competição foi marcado pelo primeiro contacto dos estudantes participantes com o júri para apresentação do seu projeto. O júri do concurso é composto por representantes da Agência Espacial Portuguesa, da ANACOM, da Ciência Viva, da Força Aérea Portuguesa, do Exército Português e da Universidade de Aveiro.

Durante a cerimónia, Ricardo Conde, presidente da Agência Espacial Portuguesa, frisou que “quando começámos em 2020, com todos os desafios impostos pela pandemia, tivemos aqui presentes cerca de 100 estudantes. Hoje, temos mais de 500 estudantes, oriundos de 11 países europeus, que compõem as 18 equipas em competição. Creio que a edição deste ano permitir-nos-á confirmar que a Europa, e especialmente Portugal, está preparada para este tipo de iniciativas e que o vosso trabalho, e das gerações futuras, é essencial para enfrentar os desafios e também as oportunidades que o setor aeroespacial nos trará no futuro”.

Por sua vez, Rogério Alves, vice-presidente da Câmara de Ponte de Sor, reforçou que “durante a última década, o Município de Ponte de Sor tem trabalhado para ser um agente de mudança no setor aeroespacial. Esta terceira edição do EuRoC revela o quanto a competição tem crescido e como as capacidades e o know-how destas equipas têm sido aperfeiçoados ao longo destes anos”.

O brigadeiro-general Pedro Sardinha, 2.º Comandante das Forças Terrestres, destacou que “desde a primeira edição em 2020, que o Exército Português se constitui como parceiro na organização deste evento singular”. “Muito nos satisfaz voltar, uma vez mais, a estabelecer esta parceria sólida e de proporções significativas com a Agência Espacial Portuguesas. Para esse efeito, foi ontem assinado um protocolo entre o Exército Português e a Agência Espacial Portuguesa, que nos permitirá prestar o máximo apoio às diversas atividades decorrentes desta terceira edição da competição. Para além disso, esta parceria não se esgota no EuRoC e permite-nos partilhar experiências e trilhar caminhos para o desenvolvimento de novas tecnologias no setor aeroespacial”, acrescentou.

Por fim, Elvira Fortunato, ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (na foto de abertura), destacou que “as atividades relacionadas com o setor espacial cresceram significativamente nos últimos anos e Portugal tem vindo a acompanhar de perto este crescimento”. “A indústria aeroespacial está a crescer em diferentes setores de atividade e são cada vez mais importantes as informações disponibilizadas pelos satélites para diferentes áreas, como por exemplo, no que respeita às alterações climáticas e à poluição dos oceanos com plástico. Assim, é para nós muito importante o vosso trabalho para, através de novas tecnologias, explorar o espaço em diferentes áreas de atividade”, reforçou.

Entre os dias 13 a 17 de outubro serão realizados os lançamentos dos foguetes no Campo Militar de Santa Margarida (Constância), à razão de três lançamentos por dia, permanecendo as restantes equipas a ultimar a preparação dos rockets no Aeródromo de Ponte de Sor. Por fim, no dia 18 de outubro, realiza-se a entrega de prémios e a cerimónia de encerramento no Aeródromo de Ponte de Sor.

A terceira edição do EuRoC conta com a participação de 18 equipas europeias, compostas por mais de 500 estudantes, oriundos de 11 países distintos. O EuRoC surgiu em 2020 e é uma das várias apostas da Agência Espacial Portuguesa na área da educação, sendo este um dos pilares estratégicos da sua atuação desde a fundação, em 2019. A Agência Espacial Portuguesa, que vê nesta aposta nos jovens o futuro do ecossistema espacial português, tem como objetivo promover e fortalecer o setor espacial em Portugal, para benefício da sociedade e da economia nacional e internacional.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Volotea e Abra (Avianca e GOL) juntam-se para operações conjuntas entre a Europa e as Américas

A Volotea, que se intitula a companhia aérea espanhola...

Pedro Barros é o novo presidente do Conselho de Administração da TACV

Pedro Barros, atual presidente do Fundo Soberano de Garantia...

Lufthansa City Airlines arranca no dia 26 de junho com voo Munique-Birmingham

A Lufthansa City Airlines, a companhia aérea mais jovem...

Bubaque, no Arquipélago dos Bijagós, terá um novo aeroporto para tráfego regional

O Governo da República da Guiné-Bissau e a ‘Royal...