FAB assinou contrato para compra de 36 caças Gripen NG

A Força Aérea Brasileira (FAB) vai ser equipada com 36 aeronaves Gripen NG que deverão atender às necessidades operacionais dos próximos 30 anos, como é de conhecimento público. A escolha destes caças foi anunciada em dezembro de 2013 e o contrato com a empresa sueca SAAB prevê a entrega do primeiro avião em 2019 e do último em 2024.

O acordo foi assinado na terça-feira, dia 25 de agosto, em Londres entre representantes da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional do Brasil e da agência sueca de crédito à exportação (Swedish Export Credit Corporation-SEK) e inclui a compra das aeronaves de combate, suporte logístico e aquisição de armamentos. O contrato prevê, ainda, o fabrico de 15 das 36 unidades no Brasil, incluindo oito bi-lugares, um modelo criado especialmente para a FAB.

O Ministério da Fazenda autorizou, assim, a operação de crédito externo no valor de 245,3 milhões de dólares (cerca de 215,5 milhões de euros) para armamento e de 39,882 mil milhões de coroas suecas (mais de 4 mil milhões de euros) para aeronaves e suporte logístico.

A assinatura do contrato foi realizada na Embaixada do Brasil em Londres. O ministro Jacques Wagner realçou a importância desta etapa do processo: “A assinatura do contrato financeiro do Gripen NG é de fundamental importância já que encerra a fase negocial e inicia a fase de execução do contrato comercial, com aquisição e desenvolvimento dos caças, concretizando, assim, uma aliança estratégica entre Brasil e Suécia”. A participação do Brasil no desenvolvimento do projeto dará à indústria aeronáutica brasileira acesso a todos os níveis de tecnologia, incluindo os códigos-fonte do Gripen. O programa de transferência de tecnologia vale 9,1 mil milhões de dólares (7,9 mil milhões de euros) e inclui itens como a integração de hardware, aviónicos, software e sistemas da aeronave, além do intercâmbio de conhecimento com o treino na Suécia de mais de 350 brasileiros.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica