FAP anuncia integração de um Falcon 900 na frota da Esquadra 504 ‘Linces’

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Força Aérea Portuguesa (FAP) anunciou neste domingo, dia 26 de fevereiro, que recebeu um avião Dassault Falcon 900, que irá integrar a Esquadra 504 ‘Linces’ da Base Aérea nº 6, no Montijo.

A aeronave aterrou na passada quinta-feira, dia 23, no Aeródromo de Trânsito (AT) nº 1, na Portela, adjacente ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, cuja pista é utilizada pela FAP (Aeroporto de Lisboa). As instalações aeroportuárias do AT1 são utilizadas para parqueamento dos Falcon, se bem que a esquadra ‘Os Linces’ esteja sediada no Montijo.

Esta aeronave vem aumentar a capacidade de transporte estratégico da Força Aérea Portuguesa nas missões de transporte de doentes a grande distância. A aeronave agora rececionada está em fase de aprontamento operacional, prevendo-se que em breve comece a ser operada pelos ‘Linces’, informa uma notícia distribuída pelo Estado Maior da FAP.

O Falcon 900 vem reforçar a frota de aeronaves da Esquadra 504, até agora só equipada com aviões Falcon 50, que estão ao serviço da Força Aérea há mais de 30 anos e responsável por diversas missões de transporte, das quais se destacam o transporte de entidades do Estado e do Governo em viagens oficiais (VIPs), evacuação de doentes graves e transporte de órgãos para transplante, ou outras emergências que impliquem um transporte rápido de entidades.

Ao longo do ano são inúmeras as missões desempenhadas por aquela esquadra, seja em território nacional seja internacional.

Este avião, que passa a integrar a FAP, integrava a frota da empresa portuguesa de aviação OMNI (ex-CS-DTP) e encontrava-se hipotecado à entidade pública portuguesa ‘Parvalorem’, como garantia de uma dívida de 17 milhões de euros do extinto Banco Português de Negócios (BPN).

Segundo referiu na semana passada o site português de notícias sobre aviação militar ‘Pássaro de Ferro’ (LINK notícia), o Ministério da Defesa confirmou na sexta-feira, dia 24, o negócio do Falcon 900, no valor de 4,8 milhões de euros. Este valor é decorrente de avaliação por avaliador independente e será abatido à dívida da OMNI à ‘Parvalorem’. De igual modo a Força Aérea Portuguesa inspecionou e testou previamente o aparelho, que irá agora juntar-se à frota Falcon 50.

O ‘Pássaro de Ferro’ recorda também que este avião esteve envolvido num caso de tráfico de droga a partir do Brasil em fevereiro de 2021, amplamente divulgado e seguido pela imprensa portuguesa (LINK notícia relacionada).

 

  • Foto de abertura © Força Aérea Portuguesa

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...