Flying Academy relançada em parceria com a Omni Aviation Center

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Talenter™, uma das principais empresas de trabalho temporário de Portugal, anunciou na semana passada o relançamento da Flying Academy, o que acontecerá em parceria com a Omni Aviation Center, outra empresa portuguesa do sector também inserida no setor da formação aeronáutica.

Esta Academia de Aviação tem o objetivo de formar tripulantes de cabina e irá oferecer aos seus alunos um curso completo, desde a formação básica até à formação avançada. É um curso desenhado por especialistas na área, que irá abranger todos os aspetos da profissão de tripulante de cabina, desde os procedimentos de segurança até às técnicas de atendimento. Além disso, os alunos terão a oportunidade de adquirir conhecimentos em áreas como meteorologia, navegação aérea e primeiros socorros.

O curso será ministrado por profissionais altamente qualificados, com anos de experiência na indústria. Os alunos terão acesso a instalações modernas e equipadas em ambiente real, incluindo simuladores de voo e salas de treino. A Flying Academy está aberta a todos os interessados em seguir uma carreira na aviação, independentemente da sua formação ou experiência anterior. O único pré-requisito é ter mais de 18 anos e estar disposto a trabalhar acima das nuvens para alcançar os seus objetivos.

Este é um também um passo importante para a Talenter™, pois permite à empresa oferecer aos seus clientes uma solução completa para as necessidades de recrutamento.

Pedro Rosado, diretor de negócios para a área da Logística e responsável pela Flying Academy considera que “com esta academia a Talenter™ está agora em condições de apresentar um serviço de recursos humanos à medida das companhias aéreas que necessitem de tripulantes de cabina, com um processo flexível de A a Z, que pode ir do recrutamento, à formação, passando pela contratação e sua gestão, payroll e todos os restantes serviços administrativos associados, com substanciais reduções de custos fixos e que lhe permitem focar-se a 100% no seu core-business, algo pioneiro no nosso país.”

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...