Flypop estabelece ‘joint venture’ com a Hi Fly para voos de passageiros para a Índia

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia aérea de baixo custo britânica Flypop, criada para voar entre o Reino Unido e a Índia, a preços abaixo dos que são praticados normalmente pelas companhias de transporte aéreo regular entre os dois países, anunciou nesta terça-feira, dia 28 de junho, a assinatura de uma joint venture (JV) com o grupo português Hi Fly, para expansão do seu negócio.

A Flypop, criada durante a pandemia, contratou um avião Airbus A330-300 à Hi Fly Malta, operado por esta empresa, e já pintado com as cores da nova companhia. Contudo, não pode iniciar os voos entre Londres/Heathrow e diversos aeroportos de cidades secundárias indianas, devido à pandemia e ao facto dos slots no principal aeroporto londrino estarem ao tempo comprometidos com diversas companhias, embora estas não estivessem a voar, devido à situação sanitária internacional.

Face à grande procura por transporte de carga, a Flypop fez uma parceria com a Hi Fly que lhe tem permitido, ao longo dos últimos meses a utilização do avião (matrícula 9H-PTP) em voos de carga e alguns pontuais com passageiros, operados pela Hi Fly.

Agora que as licenças provisórias da IATA para transporte de cargas nas cabinas de passageiros estão a chegar ao fim, a Flypop e o grupo Hi Fly resolveram trabalhar na constituição de uma joint venture que dará maior força e dimensão à cooperação entre as duas empresas. O acordo foi assinado nesta terça-feira, dia 28, e a companhia fundada pelo empresário indiano Navdip ‘Nino’ Singh Judge, que é também o presidente executivo da empresa, acaba de anunciar que já obteve os desejados slots em Londres/Heathrow e que novos aviões serão integrados na frota da Flypop, todos eles operados pela Hi Fly.

“Esperamos um aumento da procura dentro e fora do nosso mercado interno nos próximos meses e esperamos servir os nossos clientes com a recém-formada empresa comum.  Estamos em negociações para aumentar ainda mais a frota num futuro próximo e esperamos ansiosamente receber os aviões comprometidos nesta joint venture“, refere Navdip ‘Nino’ Singh Judge num comunicado distribuído pela empresa.

Paulo Mirpuri, presidente executivo do Grupo Hi Fly, citado no mesmo comunicado, afirma: “Estamos ansiosos para operar os aviões Flypop fora do Reino Unido. A experiência líder da Hi Fly em aviões de longo curso da Airbus provará ser uma receita vencedora para esta joint venture“.

A Hi Fly é um especialista líder mundial em aluguer de aviões de longo curso, em regime de wet-lease.  A empresa opera uma frota variada da Airbus, incluindo os Airbus A330, e oferece alugueres e serviços ACMI (aeronaves, tripulação, manutenção e seguros) em contratos de médio ou longo prazo para companhias aéreas, operadores turísticos, governos e outros clientes.

Com o início das operações em outubro de 2021, a história da Flypop começou em 2003 quando (Nino) Navdip Singh Judge ficou frustrado pelo elevado custo e falta de voos diretos para visitar a sua família na cidade de Ludhiana, na Índia.

Contudo, nessa altura, o acordo de serviços aéreos entre o Reino Unido e a Índia tornou impossível a obtenção de slots em Heathrow, ou mesmo obter autorização para voar para as “segundas cidades” da Índia.  Uma década mais tarde, o ambiente tinha mudado, e o sonho foi reavivado quando um novo serviço entre os dois países permitiu um certo número de voos semanais para as “segundas cidades da Índia”.

Depois de trabalhar com o CEO do Grupo Air Asia, Tony Fernandes, durante cinco anos, Nino percebeu que o modelo de negócio da Air Asia X para voos de longo curso de baixo custo era ideal para voos entre a Europa e o Sul da Ásia.  O objetivo da Flypop é proporcionar uma opção acessível e conveniente para quase três milhões de cidadãos britânicos da diáspora indiana, que queiram visitar amigos e famílias na Índia.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...