Bem-vindo, !|Sair

Fokker 100 pousa sem trem no Cazaquistão – 121 ocupantes ilesos (com vídeo)

O comandante de linha aérea Dmitry Rodin e o co-piloto Vadim Smerechansky, que trabalham na companhia Bek Air, do Cazaquistão, na Ásia Central, foram felicitados pelo governo do seu país, após um pouso de emergência sem o trem dianteiro no Aeroporto Internacional de Astana, capital da república que no passado integrou a União Soviética.

O incidente ocorreu no domingo, dia 27 de março, pela manhã, quando um Fokker F100, com 116 passageiros e cinco tripulantes a bordo, se preparava para pousar em Astana, proveniente de Kyzylorda. Os pilotos verificaram que o trem da frente estava bloqueado. Alertado o aeroporto e de acordo com os procedimentos previstos para este tipo de situações, as autoridades aeroportuárias e os bombeiros prepararam a pista para que no momento do pouso houvesse o mínimo de riscos com a fricção do metal da aeronave na pista.

Captura de ecrã 2016-03-28, às 14.41.56

Assim aconteceu na realidade. Cerca de 45 minutos depois da hora prevista para a aterragem, tempo suficiente para o avião queimar mais combustível e a pista ser preparada com espuma carbónica que fez cama no local onde se previa que a fuselagem do Fokker entraria em contato com o asfalto, a aeronave pousou e imobilizou-se na pista sem quaisquer danos pessoais para os 121 ocupantes e os mínimos possíveis para o equipamento.

Todos saíram pelos seus próprios meios. O vídeo que mostramos a seguir, passado no canal noticioso russo Ruptly TV (RT), e que foi colocado no canal YouTube, mostra a maneira como decorreu a evacuação do Fokker F100 da Bek Air, e transmite uma aparente calma e controlo da situação após o incidente.

A imprensa do Cazaquistão e diversos passageiros nas suas contas em redes sociais têm feito referência ao excelente trabalho da tripulação e dos bombeiros.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica