França financia obras no Aeroporto Internacional de Maputo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O governo francês vai co-financiar com 44 milhões de dólares a modernização das áreas de manobra do aeroporto internacional de Maputo, ao abrigo de um acordo assinado esta semana em Maputo, informou a Agência de Notícias de Moçambique (AIM).

Na assinatura do acordo, por ocasião da visita a Moçambique da ministra para o Comércio Externo de França, Nicole Bricq, o ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, disse que as obras permitirão melhorar as condições de segurança dos passageiros e elevar os padrões de gestão aeroportuária.

A empresa pública Aeroportos de Moçambique tinha lançado no Verão passado um con­curso público para a contratação da empreitada que vai reabilitar e melhorar áreas de manobra do Aeroporto Internacional de Ma­puto, recentemente reconstruí­do e modernizado.

De acordo com o anúncio sobre o concurso, citado em Agosto do ano passado pela AIM, as obras deste projecto compreenderão a reabilitação dos pavimentos da pista, cons­trução de novos pavimentos e substituição da sinalização lumi­nosa das áreas de manobra.

O projecto inclui ainda a cons­trução de uma nova linha de conduta de combustível de abas­tecimento de aeronaves para a plataforma de escoamento do terminal doméstico, obras de drenagem, formação em manu­tenção de obras civis, entre ou­tros aspectos.

As obras de modernização completa de todas as áreas referidas estão orçamentadas em 70,5 milhões de dólares, sendo o montante em falta garantido pelo Banco Europeu de Investimento com 25 milhões de dólares e pelo Fundo Fiduciário para Infra-estruturas de África com 1,5 milhões de dólares.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

GOL obtém autorização para subscrever empréstimo de um bilhão de dólares para evitar bancarrota

A GOL Linhas Aéreas, companhia aérea brasileira que passa...

João Carlos Pó Jorge exonerado das funções de diretor-geral da LAM – Linhas Aéreas de Moçambique

O Conselho de Administração das Linhas Aéreas de Moçambique...

Incidente com Airbus A320 da TAP na Dinamarca origina alteração de ‘software’ de motores

As autoridades dinamarquesas recomendaram a alteração de software utilizado...

SITAVA diz que a TAP excluiu o pessoal de terra dos novos acordos de empresa já negociados

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA)...