Bem-vindo, !|Sair

Furacão ‘Alex’ pára movimento aéreo no arquipélago dos Açores

Os aeroportos das ilhas dos Açores, que constituem a região autónoma portuguesa do mesmo nome, no Atlântico Norte, estão sem movimento nesta manhã de sexta-feira, dia 15 de janeiro, devido às severas condições atmosféricas provocadas pelo furacão ‘Alex’ que desde a madrugada afectam o arquipélago na sua totalidade.

O período mais crítico ocorrerá até às 11h00 locais (12h00 UTC), quando se prevê a sua passagem em cima do arquipélago, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA anunciou que o furacão ‘Alex’ mantém as características previstas para a sua passagem nos Açores, apesar de apresentar indícios “de algum enfraquecimento na sua estrutura”.

O furacão ‘Alex’ é o primeiro fenómeno meteorológico desta natureza a acontecer no mês de janeiro em quase 80 anos, de acordo com meteorologistas norte-americanos, motivando a emissão de avisos vermelhos para vento, agitação marítima e chuva para os grupos central (São Jorge, Terceira, Faial, Pico e Graciosa) e oriental (São Miguel e Santa Maria), que vigoram até ao início da tarde.

Na manhã desta sexta-feira não se registaram quaisquer movimentos de aviões comerciais, situação que afecta as companhias TAP Portugal, SATA Internacional, Ryanair e EasyJet, que tinham voos programados de fora do arquipélago, além da SATA Air Açores que opera diversas ligações inter-ilhas. Voos à partida de Lisboa e do Porto, no território continental português, estão cancelados ou atrasados até que se constate a melhoria das condições meteorológicas.

Os voos da SATA Air Açores foram reprogramados a partir da tarde desta sexta-feira, na perspectiva de uma melhoria do tempo.

Segundo o porta-voz da empresa aérea pública regional, António Portugal, “não existe nenhuma alteração na reprogramação dos voos”, que abrange um total de 721 passageiros, mantendo-se a previsão de que a operação se inicie a partir das 13h00 locais (14h00 UTC).

Assim, ao longo da tarde deverão ser feitos 31 voos da SATA Air Açores, com um total de 430 passageiros, e mais dois voos da SATA Internacional, Boston-Terceira e Terceira-Lisboa, com 209 e 82 passageiros, respectivamente, informa a agência noticiosa portuguesa Lusa depois de ouvir o porta-voz da SATA.

Na quinta-feira, a companhia aérea açoriana SATA Air Açores informou que não realizava durante a manhã desta sexta-feira voos que tinha agendado entre as ilhas dos Açores devido ao mau tempo, tendo reprogramado estas ligações para o início da tarde.

A normalidade das ligações aéreas só será alcançada com o melhoramento do tempo. Novas notícias sobre a evolução do furacão serão conhecidas durante a tarde desta sexta-feira.

O grupo SATA opera com duas companhias aéreas: a SATA Air Açores que se dedica aos voos internos que ligam entre si as nove ilhas do arquipélago, com aviões Bombardier Q200 e Q400, e a SATA Internacional que voa para o exterior com aviões Airbus A310 e A320.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica