GOL assinala um ano sobre início da primeira rota Carbono Neutro do Brasil

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Há cerca de um ano, no dia 1 de setembro de 2021, a GOL Linhas Aéreas, maior companhia aérea do Brasil, e sua parceira ‘Moss’, uma das principais plataformas ambientais de créditos de carbono do mundo, entregaram aos seus passageiros, de forma pioneira, um presente que tem como premissa contribuir para a preservação de um paraíso ecológico brasileiro cultuado no mundo inteiro, o arquipélago de Fernando de Noronha, no Nordeste Brasileiro, integrado no Estado de Pernambuco. Nascia a primeira rota 100% Carbono Neutro do Brasil: Recife-Fernando de Noronha-Recife.

Doze meses após o lançamento da rota carbono neutro, o resultado é a um só tempo positivo e desafiador: foram neutralizadas 7.295 toneladas de CO2 com a iniciativa, em 953 voos de ida e volta entre a capital pernambucana e a ilha que dá o nome ao arquipélago.

A aviação comercial, tão essencial ao cotidiano de Fernando Noronha, é responsável por 50% das emissões de carbono geradas na ilha. Com a iniciativa da GOL + Moss, cerca de um quarto dessas emissões são neutralizadas. Isso porque naquele mês de setembro, ambas as empresas assumiram o custo da compensação total de CO2 de todos os voos da rota Recife-Noronha-Recife, doando aos passageiros e à tripulação presentes nos trajetos o certificado da compensação individual da pegada carbônica gerada. Com isso, neutralizam-se as emissões totais nos trechos de ida e volta. Como acréscimo, há um convite: se for do interesse de quem voou com a GOL, comprar o MCO2 para neutralizar os demais trechos que compõem sua viagem.

Em dezembro do ano passado, em mais uma iniciativa GOL + Moss, a rota São Paulo/Congonhas-Bonito, um dos destinos mais recentes da companhia no Mato Grosso do Sul, igualmente um paraíso sustentável, já nasceu 100% Carbono Neutro. Foi a segunda rota do País a ganhar tal chancela. Assim como quem faz o trajeto de Recife para Noronha, no caso de Congonhas-Bonito, a GOL e a Moss também assumem a compensação total de carbono da ida e da volta, entregando aos passageiros o certificado de que apagaram a pegada carbónica de suas viagens.

Com essa iniciativa, o foco da GOL, que busca se tornar uma referência em aviação sustentável no Brasil, é trabalhar a compensação com uma alternativa intermediária muito importante, enquanto investe no desenvolvimento de projetos de combustíveis alternativos e limpos – biocombustível, para que no futuro a emissão de carbono seja reduzida.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...