Governo da França proíbe voos de e para aeroportos brasileiros

O governo francês decidiu suspender os voos de e para o Brasil até nova ordem. A decisão anunciada em Paris pelo primeiro-ministro Jean Castex, é resultado da preocupação com que a variante P-1 do novo coronavírus que está a atingir o Brasil, que continua nos lugares cimeiros das estatísticas de mortes provocadas pela pandemia de covid-19.

Falando numa sessão parlamentar, ontem em Paris, Jean Castex disse que todos os viajantes deveriam testar negativos antes de embarcar num avião para França. No entanto, nesta terça-feira, dia 13 de abril, foi anunciada a decisão de suspender todos os voos a partir do Brasil.

A Air France estava a operar dois voos diários para aeroportos brasileiros. Um para o Rio de Janeiro/Galeão operado por aviões Boeing 777 e o outro para São Paulo/Guarulhos com aeroanves Airbus A350. Ambos os voos tinham como origem e destino final o Aeroporto Charles de Gaulle (CDG), em Paris.

A medida do governo francês junta-se a outros países europeus – Portugal, Itália e Reino Unido – que, também preocupados com a variante P-1, já tinham suspendido os voos do Brasil. Pelo menos quatro países americanos – Argentina, Colômbia, Chile e Estados Unidos – já suspenderam as operações aéreas comerciais de e para aeroportos brasileiros.

Neste momento, o Brasil tem cerca de 330.000 mortos devido à pandemia de covid-19. Como resultado, foi colocado em segundo lugar no que diz respeito a mortes em todo o mundo, apenas atrás dos Estados Unidos. No México há cerca de 210.000 mortos, embora nos últimos dias, o Ministério da Saúde tenha relatado uma lacuna em números que poderia aumentar o número de pessoas mortas para 321.000.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica