Air Sénégal retoma em maio voos para a Guiné-Bissau e expande rede no longo curso

A Air Sénégal anunciou esta semana a retoma dos seus voos para a República da Guiné-Bissau. A partir de 17 de maio, a transportadora nacional senegalesa irá oferecer quatro voos por semana (segundas, terças, quartas e sextas-feiras) entre Dacar e Bissau.

“A rota será operada por aviões ATR 72-600 com 70 lugares, incluindo 12 na classe premium e 58 na classe económica. Os voos oferecerão ligações via Dacar para a cidade da Praia [na República de Cabo Verde], em ambas as direções”, disse a transportadora.

Os voos entre o Senegal e a Guiné-Bissau estavam suspensos desde o ano passado, interrompidos no auge da crise sanitária devido à pandemia de covid-19.

A Air Sénégal, por seu lado, retomou a sua programação em julho de 2020, após uma suspensão de quatro meses. Desde fevereiro deste ano introduziu cinco novas rotas, incluindo Lyon, em França, e Milão, em Itália. A companhia aérea senegalesa deu os seus primeiros passos no mercado da África Central a 29 de março de 2021 com a sua entrada nos Camarões (Douala) e no Gabão (Libreville) via Cotonou (Benin).

A rede da Air Sénégal inclui agora cerca de quinze cidades em 13 países em África e na Europa. A companhia pretende prosseguir a sua expansão, nomeadamente após o aluguer de dois aviões novos Airbus A330-900neo ao grupo português Hi Fly, com os quais pretende abrie novas rotas para Londres /Reino Unido) e para Genebra (Suíça). Tem ainda planos para abrir voos na rota transatlântica com a América do Norte, sendo Nova Iorque o aeroporto pretendido. O pedido de licença já foi apresentado em fevereiro passado às autoridades norte-americanas e se tudo correr bem, as ligações poderão ser lançadas antes do final do corrente ano.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica