Governo de Cabo Verde diz que resposta da TICV nos voos interilhas está adequada

O ministro do Turismo e Transportes da República de Cabo Verde, Carlos Santos, considerou na sexta-feira, dia 3 de dezembro, que o único avião a operar nas ligações interilhas em Cabo Verde [um avião ATR72-600 da BestFly Angola ao serviço da TICV] está a dar vazão à demanda das ilhas, neste momento.

O governante garantiu, entretanto, que o Governo está a trabalhar com a empresa Transportes Interilhas e Cabo Verde (TICV) para cumprir o compromisso de ter um segundo avião nas ligações domésticas.

“Nos estamos a trabalhar com a TICV para que tenhamos rapidamente a segunda aeronave. Às vezes nós colocamos muito foco no número de aviões que temos aqui a voar, mas temos que verificar se de facto a nossa capacidade instalada está ajustada àquilo que é a procura”, disse.

O governante falava aos jornalistas no final da audição parlamentar em sede da terceira comissão especializada, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento de Estado para 2022.

“Há esse compromisso e nós estamos a trabalhar para ter esse segundo avião, mas o avião que nós temos neste momento está a dar vazão àquilo que é a procura que as ilhas estão a ter”, acrescentou.

A nível dos transportes internacionais indicou que o conselho de administração da TACV está a fazer um excelente trabalho no sentido de que a “breve trecho” Cabo Verde tenha a sua companhia de bandeira a voar.

E no momento em que circulam muitas críticas à volta dos contratos públicos assinados pelo Governo na área dos transportes, Carlos Santos as desvaloriza e afirma que o executivo está aberto para esclarecer todas as dúvidas em relação aos contratos assinados pelo Estado.

 

  • Com informações da INFORPRESS – Agência Cabo-Verdiana de Notícias

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica