Governo dos Açores pretende manter “mútuo entendimento” com a TAP

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, recebeu em audiência o novo presidente do Conselho de Administração da TAP, Manuel Beja, tendo sido trocadas impressões sobre matérias empresariais e também sobre o papel da companhia no que refere à continuidade territorial e à operação de e para a Região Autónoma dos Açores, um arquipélago português com nove ilhas habitadas situado no nordeste do Oceano Atlântico.

A ida de Manuel Beja aos Açores, poucas semanas após ter tomado posse, é demonstrativa de um “mútuo entendimento e interesse” com o Executivo Regional para serem abertas “possibilidades de diálogo e concertação”, realçou no final do encontro José Manuel Bolieiro, que teve lugar na passada terça-feira, dia 3 de agosto, na cidade de Ponta Delgada, nos Açores.

No atual contexto pandémico, a viabilização financeira de empresas como a TAP, e também a SATA (grupo de aviação comercial com sede nos Açores), reveste-se de especial importância, reconheceu o governante regional.

“A missão é difícil. Não sendo impossível, é complexa, e importa ter máximo empenho e diligência estratégica e bons fundamentos para fazer a defesa da missão da TAP, como também da SATA”, vincou o governante insular.

José Manuel Bolieiro transmitiu ao responsável da TAP a “importância da ideia arquipelágica dos Açores” e dos seus gateways, e mostrou-se disponível, como é sua forma de “estar na política”, para “sinergias, consensos e oportunidades de entendimento”.

O presidente do Governo Regional dos Açores reiterou, todavia, que no que diz respeito à SATA, esta tem um Conselho de Administração “absolutamente conhecedor” do setor “e com autonomia” de ação e “respeito máximo” do Executivo, que não interfere na gestão da entidade.

O novo presidente do Conselho de Administração da TAP, recentemente em funções, considerou, quando questionado pelos jornalistas, que “as parcerias [entre ambas as operadoras] existem” e “podem ser mantidas e reforçadas”.

De acordo com o responsável, há um codeshare em vigor com a SATA, uma “parceira na operação que se faz entre o Continente e os Açores”.

Manuel Beja afirmou ser “claramente precoce” falar de entendimentos para além dos existentes entre a TAP e SATA.

Tanto a TAP como a SATA encontraram-se em negociações com a Comissão Europeia visando a sua reestruturação financeira, situação anterior à pandemia da covid-19, mas que foi gravemente afectada pela situação pandémica que atingiu todo o setor da aviação comercial no mundo.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...