Bem-vindo, !|Sair

Governo e IATA debatem fortalecimento do sector aéreo no Brasil

Representantes da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA na sigla em inglês) estiveram reunidos com o ministro do Turismo do Brasil, Marx Beltrão, para debater ações de fortalecimento do setor aéreo no País. A ideia é dar andamento às pautas conjuntas como os investimentos na melhoria de infraestrutura e concessão dos aeroportos, bem como medidas para regionalização com o objetivo de aumentar a conectividade no país. O secretário Nacional de Estruturação do Turismo, José Antônio Parente, também esteve presente ao encontro.

Segundo o diretor de Relações Externas da IATA no Brasil, Marcelo Pedroso, o transporte aéreo é responsável por 1,4% do PIB nacional, o que corresponde a uma contribuição de 32,9 bilhões (mil milhões na Europa) de dólares norte-americanos, além da geração de 1,1 milhão de empregos. Para o executivo que também ressaltou a importância da regulamentação no setor, a aproximação com o segmento turístico é um caminho natural devido a complementação das áreas.

“Acredito que a melhoria da infraestrutura de aeroportos e ampliação da malha aérea no Brasil é benéfico tanto para o setor aéreo como também para o turismo nacional uma vez que os destinos turísticos se tornarão mais acessíveis aos turistas nacionais e estrangeiros que desejam conhecer o país”, avaliou Marcelo Pedroso.

O ministro Marx Beltrão reforçou a importância do trabalho em parceria para tratar de assuntos comuns e que estão em tramitação no Congresso Nacional como a que prevê a abertura de 100% do mercado para o capital estrangeiro nas empresas aéreas que atuam no país. Beltrão lembrou também que a parceria com as agências de viagem para a desburocratização do fretamento de aviões, ou os voos de férias e reforçou os investimentos do governo federal que vem sendo feitos no setor.

“Os investimentos que vem sendo feitos pelo governo para a construção de aeroportos dentro do programa ‘Agora, é Avançar’ mostram o compromisso em melhorar a infraestrutura aeroportuária cada vez mais contribuindo de maneira determinante para o avanço do turismo e nosso país e a IATA é um parceiro importante”, afirmou o ministro do Turismo do Brasil.

De acordo com uma pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo, apenas 41,7% da população consideram a malha aérea brasileira suficiente. Para uma parcela importante dos entrevistados, 36%, a oferta de voos e destinos ainda é insuficiente e pouco suficiente.

Para reverter a situação, 73,4% das pessoas são favoráveis ao aumento do número de companhias aéreas que atuam no Brasil. Não à toa, a maior aprovação está nos estados do Nordeste (75,1%), Norte e Centro-Oeste (75%). A região Sul aparece com 73,8% e a Sudeste com 71,2%.

 

  • Foto © Roberto Castro/Ministério do Turismo do Brasil

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica