Governo português confirma que a Azul continua interessada na TAP

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O ministro português da Economia, António Pires de Lima, confirmou ontem, em Davos, na Suíça, o interesse da Azul Airlines na privatização da TAP e avançou que o Governo de Lisboa nunca foi contactado pela Gol.

A companhia aérea brasileira Azul foi uma das companhias a manifestar junto do Governo o interesse na privatização da TAP. E o ministro da Economia, que ontem falou sobre o assunto à margem do Fórum Ecónomico Mundial, diz que “apesar da experiência com a Oi”, o Executivo continua interessado em atrair capital brasileiro para a companhia aérea portuguesa.

Citado pela imprensa brasileira, António Pires de Lima confirma que a companhia detida por David Neeleman procurou o Governo no âmbito do processo de privatização e desmente que tenham existido quaisquer contactos por parte da Gol, que tem sido referida como uma das potenciais candidatas, ou do Grupo LATAM Airlines, que controla a brasileira TAM.

Pires de Lima acredita que a Azul poderia facilmente contornar as limitações legais no quadro da União Europeia, que impedem empresas estrangeiras de deter mais de 49% do capital de uma companhia aérea, alegando que a companhia brasileira poderá encontrar um accionista europeu para integrar o consórcio que avance para a compra da TAP.

Recorde-se que o consórcio liderado por Miguel Pais do Amaral está à procura de uma companhia aérea para integrar o consórcio que formou com o norte-americano Frank Lorenzo. Tal como o ‘Diário Económico’ noticiou recentemente, o empresário português terá sido mesmo contactado pela Azul, mas tudo indica que não será esta a companhia que irá integrar o agrupamento.

O caderno de encargos para a privatização da TAP foi aprovado na semana passada, confirmando a venda de até 66% do capital da companhia aérea, com uma posição de até 5% reservada aos trabalhadores, e o Governo pretende concluir o processo até ao final do primeiro semestre do ano.

Contactada, a Azul responde que “mantém o posicionamento de não comentar” qualquer questão relacionada com a venda da TAP.

 

  • Notícia publicada na edição online do jornal português especializado em assuntos económicos e financeiros ‘Diário Económico’ em 23 de Janeiro de 2015

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...