Itália multa Ryanair em 550.000 euros por má prestação de serviço

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia aérea de baixo custo irlandesa foi esta semana multada pela autoridade de concorrência de Itália (AGCM) em mais de meio milhão de euros por não ter respondido, tal como deveria tê-lo feito aos seus clientes que utilizaram as linhas telefónicas de reclamações.

Os passageiros alegaram que tiveram dificuldade em contactar a companhia e foram obrigados a despesas extras para conseguir obter reembolsos e encontrar voos alternativos, depois de alguns cancelamentos devido a factores diversos. A multa, castiga a falta de respeito pelos consumidores e uma postura de mercado inadequada, dizem as autoridades italianas.

Outras das reclamações que ficaram sem resposta da companhia foram clientes com dificuldades locomotoras, para quem a Ryanair não disponibilizou cadeiras de rodas em tempo útil, refere esta tarde a imprensa britânica, onde a condenação da companhia irlandesa está a ganhar muita relevância.

A multa, num total de 550 mil euros, é a segunda aplicada pelas autoridades italianas no espaço de um ano à companhia irlandesa, depois de em Fevereiro do ano passado ter sido condenada a pagar outra multa no valor de 850 mil euros por falta de transparência nas apólices de seguros que vendia através do seu site, aquando das reservas e vendas de bilhetes de viagem, e também por ter criado demoras e problemas nos reembolsos de bilhetes não voados.

A multa que foi noticiada neste fim-de-semana em Itália resulta de um processo que foi aberto pela autoridade de concorrência em Roma no final de Junho do mês passado.

A Ryanair já fez saber que irá recorrer judicialmente da decisão da autoridade italiana de concorrência.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

KC-390 da FAP ganha prémio mais importante em festival internacional no Reino Unido

Um avião KC-390 Força Aérea Portuguesa (FAP) foi distinguido...

Pilotos da TACV marcam greve de uma semana partir de 24 de julho

Os pilotos da TACV – Transportes Aéreos de Cabo...

Governo reuniu-se com a ANA para preparar o projeto do Novo Aeroporto de Lisboa/Luís de Camões

O ministro das Infraestruturas e Habitação e o secretário...