Bem-vindo, !|Sair

Grupo Air France/KLM compra mais 34 aviões E-Jets à Embraer

A construtora brasileira Embraer anunciou nesta segunda-feira, dia 30 de Março, o pedido firme da companhia holandesa KLM Cityhopper, subsidiária regional da KLM, para 15 jatos E175 e dois E190. O contrato também inclui opções para 17 E-Jets adicionais para a KLM Cityhopper ou para a HOP!, subsidiária regional da Air France. O pedido firme, que será incluído na carteira de pedidos do primeiro trimestre de 2015, tem valor estimado de 764 milhões de dólares, com base na atual lista de preços da Embraer. O contrato tem valor de 1,5 mil milhões de dólares, caso todas as opções sejam exercidas.

Tanto o E190 quanto o E175 serão configurados em classe única. Juntar-se-ão aos 28  E190 que atualmente operam com a KLM Cityhopper, substituindo os 19 jatos Fokker F70 restantes, que a companhia aérea está retirando de operação.

“A decisão da KLM Cityhopper de adquirir mais E-Jets é um grande endosso e a confirmação de que o E-Jets são os aviões mais eficientes, confortáveis e de menor custo operacional no segmento de 80 a 110 passageiros”, disse Paulo César Silva, Presidente e administrador executivo da  Embraer Aviação Comercial.

A entrega do primeiro E190 está programada para ocorrer até o final do ano. O primeiro E175 vai se juntar à frota da KLM Cityhopper no primeiro semestre de 2016. O grupo Air France/ KLM iniciou o processo de substituição das aeronaves Fokker 100 pelos E-Jets na Regional/Air France e na KLM Cityhopper em 2008, a fim de reforçar a rede existente e permitir o desenvolvimento de novas rotas. Quando a última aeronave deste pedido for entregue, o grupo Air France/KLM terá 71 E-Jets, a maior frota de E-Jets na Europa.

“A aquisição desses 17 jatos da Embraer e a opção para um pedido adicional de outros 17 no futuro representa um grande passo para a KLM em termos de renovação da frota. A KLM continua investindo na frota e no produto, a fim de oferecer aos passageiros o melhor, bem como reafirmar o compromisso da KLM e da KLM Cityhopper com nossos clientes”, disse Pieter Elbers, Presidente e CEO da KLM.

“Esta decisão estratégica está em linha com a política de inovação contínua da KLM Cityhopper. A nova frota contribuirá ainda mais para a otimização das  operações, servindo os sete milhões de passageiros que voam anualmente com a KLM Cityhopper”, disse Boet Kreiken, Diretor da KLM Cityhopper. A KLM Cityhopper foi recentemente premiada pela revista Air Transport News como Companhia Aérea Regional do Ano de 2015.

O E175 apresenta uma nova ponta de asa (wingtip) que, juntamente com outros aprimoramentos técnicos, melhora o desempenho aerodinâmico. O consumo de combustível em um voo normal é 6,4% menor do que o do E175 original. A redução fez com que o custo operacional do E175 seja comparável ao de turboélices de grande capacidade e apresenta novas oportunidades para o E175.

Desde que colocou a família de E-Jets em operação, em 2004, a Embraer recebeu mais de 1.560 pedidos firmes. Os aviões estão voando com 65 companhias aéreas de 45 países e mais de 1.100 E-Jets já foram entregues. Essa versátil família de jatos de 70 a 130 assentos voa atualmente com empresas aéreas tradicionais, bem como de baixo custo e regionais.

 

KLM Cityhopper realiza 300 voos por dia

A KLM Cityhopper opera cerca de 300 voos diários para a KLM. Esses voos servem cidades em toda a Europa, 54 das quais são essencialmente destinos de negócios. Todos os dias, cerca de 18 mil passageiros optam por voar com a KLM Cityhopper, companhia que foi recentemente classificada como Companhia Aérea Regional do Ano de 2015 (Regional Airline of the Year 2015) por um painel internacional de especialistas.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica