Helicóptero de socorro cai em França – Morreram cinco dos seis ocupantes

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um helicóptero de socorro em montanha com seis pessoas a bordo caiu na noite desta terça-feira, dia 8 de dezembro, na zona de Bonvillard, Ródano-Alpes, no departamento da Saboia, sudeste da França.

O alerta às autoridades foi dado pelo piloto do aparelho, único sobrevivente do acidente, numa ocasião em que, bastante ferido, estava a tentar se libertar dos destroços.

O acidente terá acontecido pelas 19h00 locais, já noite, quando um helicóptero Eurocopter EC135 do SAF (Service Aérien Français), corporação criada para prestar socorro em zonas de acessibilidade reduzida, nomeadamente nos Alpes, se despenhou num terreno em declive e com bastante neve, a cerca de 1.800 metros de altitude.

O helicóptero estava numa missão de treino de tripulações e socorristas e levava a bordo um piloto e um socorrista, dois instruendos e dois membros da CRS Alpes, corporação policial civil da Securité Civil, especializada em socorro em montanha. Estes os agentes policiais, um era o capitão Amaury Lagroy de Croutte, comandante da CRS Alpes, e uma sargento ali destacada.

As autoridades municipais em Bonvillard disseram numa conferência de imprensa, realizada já na madrugada desta quarta-feira, dia 9 de dezembro, que estava a deslocar-se para o local do acidente uma equipa de resgate constituída por cerca de 40 elementos e que três helicópteros estavam a tentar encontrar o local do sinistro, o que só deverá acontecer de manhã, se entretanto o nevoeiro abandonar a zona. Temem ainda sobre a vida do piloto, que se encontra bastante ferido e que está exposto a uma situação meteorológica adversa.

 

O Presidente da República de França, a ministra da Defesa e autoridades militares e policiais já manifestaram a sua consternação pelo sucedido e apresentaram condolências às famílias envolvidas. Emmanuel Macron foi dos primeiros a lamentar as perdas.

 

O SAF, serviço nacional de aerotransporte para socorro e resgate, foi criado há 40 anos, e tem bases operacionais em França, Suíça e Marrocos. Tem estatuto de empresa privada e emprega 300 pessoas. Dispõe de uma frota de cerca de 60 helicópteros preparados para as missões para que foi criado em 1979, em substituição do antes denominado Serviço de Socorro Aéreo da França.

  • Notícia em desenvolvimento – Atualizada às 00h15 UTC de quarta-feira, dia 9 de dezembro de 2020

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...