Helicóptero Super Puma cai na Noruega – Morreram os 13 ocupantes

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um helicóptero Eurocopter EC-225, conhecido por ‘Super Puma’, despenhou-se nesta sexta-feira, dia 29 de abril, cerca do meio-dia local, numa zona costeira da Noruega, junto da ilha de Troey, com 11 passageiros e dois tripulantes a bordo. A queda do aparelho verificou-se após uma violenta explosão que destruiu o helicóptero ainda no ar, tendo caído aos pedaços junto da costa e em rochas sobranceiras ao mar.

As equipas de salvamento recolheram 11 corpos no próprio dia do acidente, estando desaparecidos dois, que as autoridades norueguesas dão como mortos. Os trabalhos de busca prosseguiram no local do acidente, por terra, mar e ar, com dezenas de meios envolvidos, com vista a encontrar os outros ocupantes da aeronave sinistrada. Passados dois dias ainda não apareceram os dois corpos desaparecidos provavelmente no mar. Há ainda a possibilidade de terem sido carbonizados com os destroços do aparelho, questão que as autoridades forenses estão a analisar.

Segundo informação das autoridades de segurança aérea o ‘Super Puma’ viajava de uma das maiores plataformas petrolíferas da Noruega, a GulffaksB, que é explorada pela companhia nacional de petróleos, a Statoil. Dirigia-se para o aeroporto de Flesland, em Bergen, onde deveria deixar os passageiros. A bordo seguiam 11 noruegueses, um britânico e um italiano, entre passageiros e tripulantes, informou a empresa petrolífera.

O helicóptero tinha o registo LN-OJF e era operado pela empresa CHC Helikopter Service AS, que presta serviço de transporte de técnicos para as plataformas da Statoil.

Desde 2012 que diversas companhias tinham retirado das suas frotas os ‘Super Puma’ depois de dois acidentes graves na costa norueguesa. Este era um dos poucos que ainda estava ao serviço na Noruega.

No dia seguinte ao acidente a imprensa norueguesa revelou que o helicóptero acidentado tinha falhado as duas últimas inspeções técnicas que deveriam ter sido feitas no ano passado.

A CAA, autoridade nacional de aviação civil do Reino Unido, que tem um acordo de cooperação técnica com a sua homóloga norueguesa para as inspeções das frota de helicópteros, mandou suspender todas as operações que envolvam os velhos ‘Super Puma’ que ainda estão no ativo de alguma empresas, sobretudo no transporte de trabalhadores para plataformas petrolíferas no Mar do Norte.

 

  • A imagem é da autoria de Mihai Crisan (jetphotos.net) e mostra o helicóptero acidentado.
  • Notícia atualizada às 15h20 UTC

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Lufthansa City Airlines arranca no dia 26 de junho com voo Munique-Birmingham

A Lufthansa City Airlines, a companhia aérea mais jovem...

Bubaque, no Arquipélago dos Bijagós, terá um novo aeroporto para tráfego regional

O Governo da República da Guiné-Bissau e a ‘Royal...

EasyJet digitaliza registo técnico de aeronaves a bordo para reduzir uso e peso de papel

  A EasyJet está a substituir os pesados registos técnicos...

Sevenair Academy vai treinar pilotos cadetes nórdicos nas suas instalações em Ponte de Sor

A Sevenair Academy, escola portuguesa de pilotos e técnicos...