Hidroavião cai no Lago Labrador (Canadá) – Três mortos e quatro desaparecidos

Um hidroavião monomotor Havilland DHC-2 Beaver da companhia canadiana Air Saguenay que transportava quatro pescadores e dois guias, além do piloto, sofreu um acidente tendo caído no Lago Labrador, em São João da Terra Nova, província da Terra Nova e Labrador, a mais oriental e setentrional do Canadá e da América do Norte.

O presidente da companhia aérea, Jean Temblay, disse nesta terça-feira, dia 16 de julho, aos jornalistas que foram recolhidos três corpos e que os restantes quatro ocupantes da aeronave se encontram desaparecidos. Ao fim de algumas horas após o infausto acontecimento, os socorristas admitem que estejam mortos dentro do lago, pelo que o acidente terá provocado, infelizmente, sete mortos.

O hidroavião tinha saído um resort, no Lago Crossroads, no leste de Schefferville, na província do Quebeque, na segunda-feira de manhã, em direção a uma zona remota a norte do Canadá, para uma pescaria no Lago Mistantin.

Na segunda-feira à noite não existiam notícias nem do avião, nem dos seus ocupantes. Alertadas as autoridades, foi ativado o sistema de busca e salvamento. Foram os tripulantes de um avião C-130 Hércules dos Serviços de Busca e Salvamento da Marinha do Canadá que encontraram, logo ao alvorecer desta terça-feira, os destroços do avião no Lago Labrador, assim como três corpos. Julga-se que o avião possa ter caído ao princípio da noite, na segunda-feira. Os restos do aparelho foram encontrados a cerca de um quilómetro da margem do lago.

Na segunda-feira, dia 15 de julho, as condições meteorológicas na rota do avião eram boas, com sol aberto e céu sem nuvens, disseram as entidades responsáveis pelas buscas.

 

  • Foto © Guillaume Carré

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica