I Encontro Internacional de Aviação dos Países Lusófonos termina em Lisboa


 

Termina neste sábado, dia 14 de outubro, o I Encontro Internacional de Aviação dos Países Lusófonos que reuniu nos últimos três dias centenas de profissionais e entusiastas do sector no Pavilhão de Congresso de Lisboa.

Os temas em debate estão dedicados à Formação de Profissionais para a Aviação no âmbito da Lusofonia e à Paixão pela Aviação.

Neste sábado será submetida à plateia a declaração final do Encontro, que será assinada pelos representantes da organização, nomeadamente a Lusoavia e a Confederação Empresarial da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), e que será apresentada à Comissão de Economia da Assembleia da República em Portugal, e aos governos dos países de língua oficial portuguesa que constituem esta imensa comunidade de falantes.

Entre os pontos apontados na proposta de declaração refere-se a necessidade de serem criadas condições de maior acessibilidade entre as capitais lusófonas, incluindo a criação de uma companhia aérea que possa, num futuro próximo, ligar os nove países dos quatro continentes que integram a CPLP.

Os seguintes pontos abordados durante os três dias do Encontro Internacional de Aviação dos Países Lusófonos, são enunciados na proposta de declaração que será aprovada neste sábado, na cidade de Lisboa, e que deverão, certamente, motivar a abordagem e análise das questões relacionadas com a Aviação, em todos os seus segmentos, tendo em vista promover mais qualidade, mais profissionalismo e mais competências, o que significa pessoal melhor preparado para lidar com os desafios do futuro. Um rol de propostas que poderão ajudar os responsáveis dos países da CPLP a estarem mais conscientes e melhor preparados para enfrentar o futuro, proporcionando melhores acessibilidades e uma rede de mobilidade mais facilitadora da cooperação institucional, do intercâmbio entre cidadãos e da potenciação dos negócios:

  • Criação de uma linha aérea regular de voos cargo e de passageiros entre as capitais dos países da CPLP;
  • Melhoria dos procedimentos para a criação de Feiras Internacionais no espaço CPLP para o sector da aviação;
  • Apoiar a criação de mecanismos de mediação de conflitos entre entidades oriundas dos países que compõem a CPLP (Centro de Arbitragem e de Mediação da CPLP);
  • Apoio à efetiva implementação da Diplomacia Económica em língua portuguesa;
  • Garantia e facilitação de processos para a obtenção de fundos de investimento e de financiamento a projetos nos Sectores da Aviação nos países da CPLP;
  • Elaboração e Divulgação de uma Estratégia a nível Lusófono para o Sector da Aviação;
  • Necessidade urgente da melhoria dos serviços aeroportuários nos países da CPLP;
  • Estudar a possibilidade da criação de uma futura Companhia Aérea Lusófona (com a integração das companhias aéreas dos países da CPLP);
  • Redução das Tarifas Aéreas entre os países da CPLP, com vista à redução dos custos dos bilhetes de avião;
  • Incentivar a realização e voos ‘low cost’ (tais como os que são atualmente efetuados para a Europa), para os países da CPLP, tendo em conta a grande diáspora lusófona existente em Portugal;
  • Criação de Pacote Turístico Lusófono, com vista possibilitar a divulgação e incentivar o turismo nos países da CPLP;
  • Criação de um Projeto de Formação e Superação para os quadros profissionais dos Sectores da Aviação a nível Lusófono;
  • Potencializar as condições de funcionamento dos atuais pequenos aeródromos existentes nos países da CPLP.

 

  • Fotos © Luís Viegas

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica