Iberia já retomou voo entre Madrid e Havana (Cuba)

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia espanhola Iberia retomou no dia 1 de Junho as ligações entre a cidade de Madrid, capital de Espanha, e Havana, capital da República de Cuba, no Caribe, para onde deixara de operar em Abril de 2013, no âmbito do processo de reestruturação que deu por concluído no ano passado, passando a contar com uma oferta de “mais de 250 voos por semana, directos e maioritariamente diários” de/para países da América Latina.

A Iberia anunciou que os voos da companhia programados para Havana serão feitos nos seus novos Airbus A330, de 278 lugares, 36 em executiva e 242 em económica, mas que no seu primeiro voo utilizou um avião maior, um A340-600, de 346 lugares, “dado o bom acolhimento que teve o reinício desta rota”.

A Iberia indicou ainda que retoma a rota de Havana com cinco voos por semana com horários que permitem conexões no seu hub no Terminal 4 de Madrid “com mais de 90 destinos em Espanha, na Europa, em África e no Médio Oriente”, favorecendo assim as viagens de lazer e de negócios entre a Europa e Cuba.

No primeiro quadrimestre deste ano, de acordo com as estatísticas oficiais cubanas, chegaram ao país 24.905 turistas residentes em Espanha, o que representa um aumento em 15,7% ou 3.383 em relação ao período homólogo de 2014.

As estatísticas, publicadas pela ONEI, indicam que Cuba teve nos primeiros quatro meses deste ano um aumento das chegadas de turistas estrangeiros em 14,4% ou 184,5 mil, atingindo um total de 1,467 milhões.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

KC-390 da FAP ganha prémio mais importante em festival internacional no Reino Unido

Um avião KC-390 Força Aérea Portuguesa (FAP) foi distinguido...

Pilotos da TACV marcam greve de uma semana partir de 24 de julho

Os pilotos da TACV – Transportes Aéreos de Cabo...

Governo reuniu-se com a ANA para preparar o projeto do Novo Aeroporto de Lisboa/Luís de Camões

O ministro das Infraestruturas e Habitação e o secretário...