Bem-vindo, !|Sair

Iberia retoma Madrid-Joanesburgo com avião completo

A Iberia retomou nesta segunda-feira, dia 1 de agosto, o seu voo direto entre o aeroportos Adolfo Suaréz/Madrid Barajas, na capital espanhola, e Oliver Tambo, na cidade de Joanesburgo, após quatro anos sem ligações diretas entre Espanha e a República da África do Sul.

O voo IB6051 partiu de Madrid pela meia-noite local, sendo a ligação assegurada por um Airbus A330-300, matrícula EC-MAA, com capacidade para transportar 278 passageiros (36 em Classe Executiva e 242 em Classe Económica) que levantou voo com lotação esgotada.

Este é o 11 º destino em África para a companhia aérea espanhola. Se bem que nos próximos meses a Iberia só vá voar para dez países, já que os voos entre Madrid e Luanda foram suspensos dada a quebra de tráfego verificada desde o início do ano, face à situação económica que se vive presentemente em Angola.

Os voos para a África do Sul serão três vezes por semana (segundas, quintas e sextas) com saída de Madrid às 23h45 e chegada a Joanesburgo pelas 10h10. No regresso à Europa, nos dias seguintes às partidas de Espanha, os aviões da Iberia saem de Joanesburgo às 20h15 e têm pouso marcado em Madrid pelas 06h35 da manhã seguinte (horas locais).

Estes voos estão a suscitar uma excelente aceitação no mercado europeu, nomeadamente na Península Ibérica, já que Portugal é um mercado potencial para esta rota da África do Sul. Vivem atualmente neste país muitos milhares de Portugueses, duma forma particular oriundos da Região Autónoma da Madeira, que encontram agora uma ligação com apenas uma escala, mais perto de casa ou da sua terra natal.

Depois que a TAP deixou a rota da África do Sul alegando prejuízos anuais de cerca de oito milhões de euros, os voos para Lisboa ou para a Madeira faziam-se via Maputo se os passageiros quisessem viajar na TAP, ou via Londres ou outra capital europeia (ou Istambul/Ataturk ou Dubai, que também são alternativas com os voos da Turkish e da Emirates, respetivamente), mas que no caso dos madeirenses que são a maior percentagem dos Portugueses que vivem na África do Sul é incómodo, por implicarem mais escalas. Presentemente, se bem que seja apenas no Verão, a Ibéria tem dois voos semanais de Madrid para a ilha da Madeira, além dos vários voos para Lisboa e Porto.

A Iberia, que pertence ao Grupo IAG, também dono da British Airways, fez um acordo de code-share com a Comair, companhia sul-africana franchisada da British, pelo qual potencia como destinos diretos outas cidades da África Austral, não só na República da África do Sul, como ainda da Namíbia e do Zimbabué.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica