Bem-vindo, !|Sair

Incidente esclarecido: Q400 da MEX/LAM embateu com a cauda na pista

As anteriores notícias acerca de um incidente com um avião Q400 moçambicano estão finalmente esclarecidas.

O relato sobre o incidente que reputamos como correcto foi publicado esta tarde no ‘The Aviation Herald’ que desde há mais de seis anos trata as informações sobre incidentes e acidentes aéreos, com aviões comerciais com lotação acima dos 19 passageiros, dispondo de informadores fiáveis em diversos aeroportos do mundo, além de tratar diversa informação que lhes chega diariamente.

Segundo o ‘The Aviation Herald’ o avião em causa é um Bombardier Havilland Dash 8-400 da frota da Moçambique Expresso (MEX), companhia subsidiária da LAM – Linhas Aéreas de Moçambique, que em nome desta fazia o voo entre o aeroporto da cidade da Beira, no centro de Moçambique, e o Aeroporto Oliver Tambo, que serve a cidade de Joanesburgo, na República da África do Sul. O avião aterrou pelas 10h24 locais de segunda-feira, dia 7 de Abril. Por razões que se desconhecem o aparelho embateu com a secção de cauda no solo, pelo que sofreu danos na fuselagem, razão pela qual a aeronave ficou retida, não tendo feito o voo de regresso à Beira. A retenção do aparelho deve-se ao facto de ter de sujeitar-se a verificações técnicas, tendo em vista eventuais danos estruturais no aparelho.

 

Nossas notícias anteriores por ordem de publicação:

1. – Avião Q400 da LAM quebrou cauda e derrubou antena no Aeroporto de Joanesburgo

2. –  Nova versão sobre incidente com avião Q400 da LAM em Joanesburgo

3. – LAM já desmentiu primeira notícia sobre incidente com Q400 em Joanesburgo

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica