Indra implementa sistema de gestão de tráfego aéreo de última geração no Bahrein

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Indra, empresa tecnológica líder mundial em engenharia para os sectores aeroespacial, defesa e mobilidade, multiplicou a capacidade de gestão do tráfego aéreo do Bahrein, país árabe situado no Golfo Pérsico, com a implementação de um novo centro de controlo de última geração que aumenta a segurança e fluidez dos movimentos aéreos em todo o Golfo Pérsico e nas principais rotas que ligam a Ásia, Europa e África.

O departamento de Aviação Civil do Ministério dos Transportes e Telecomunicações do Bahrein tem sob a sua alçada o controlo de uma ampla faixa do espaço aéreo sobre as águas internacionais do Golfo Arábico, uma zona de passagem obrigatória para um grande número de voos regionais e internacionais.

O controlo eficiente de um nó de comunicações como este é de vital importância, especialmente nos dias de hoje, em que a região está a registar um aumento significativo do tráfego aéreo.

Foi precisamente este desafio que levou a Aviação Civil a confiar à Indra a implementação de um novo centro de controlo de tráfego aéreo, totalmente digitalizado, que duplica o tamanho e as capacidades do sistema anterior.

A implementação do sistema ‘ManagAir’ da Indra, uma das mais avançadas soluções de gestão de tráfego aéreo existentes, representa um salto tecnológico notável e a sua colocação em serviço vai permitir uma gestão muito mais precisa e melhorar a coordenação com os centros de controlo dos países vizinhos.

A enorme potência de cálculo que este sistema proporciona permitirá, entre muitos outros benefícios, a deteção precoce de potenciais conflitos de rotas e a otimização das trajetórias das aeronaves para reduzir o consumo de combustível e melhorar a sua sustentabilidade.

Para garantir uma transição rápida e segura para o novo sistema, a Indra conta com o apoio da ‘DFS Aviation Services’ prestador de serviços de navegação aérea (ANSP) alemão.

De forma a reforçar a segurança aérea em todo o país, a empresa está também a transformar o antigo centro de controlo num centro de apoio totalmente modernizado, pronto a assumir o controlo do tráfego aéreo, se necessário.

 

“O Bahrein tem hoje um dos céus mais eficientes e seguros que existem”

Para o diretor de ATM da Indra no Médio Oriente, Jesús Fernández Ocaña, “o Bahrein tem hoje um dos céus mais eficientes e seguros que existem. O seu novo centro de controlo de tráfego aéreo está pronto para continuar a crescer e incorporar novas tecnologias que irão emergir nos próximos anos. O Ministério dos Transportes e Telecomunicações está assim a tornar-se num dos principais atores na transformação que o sector está a sofrer.

O projeto de modernização deste centro de controlo foi realizado durante os momentos mais difíceis da pandemia, o que exigiu um esforço extra por parte da Aviação Civil e da tecnológica Indra. Tudo isto contribuiu para estabelecer uma sólida relação de compreensão e confiança entre os dois parceiros, o que tem sido fundamental para cumprir os exigentes objetivos inicialmente estabelecidos.

A Indra é um dos principais fornecedores mundiais de sistemas de tráfego aéreo e mantém uma clara posição de liderança na Península Arábica. A empresa modernizou centros de controlo na Arábia Saudita, Omã, Kuwait e Jordânia e forneceu sistemas de tráfego aéreo ao Qatar. A nível mundial, é uma das empresas líderes na digitalização do céu europeu. Implementou mais de 6.000 instalações em todo o mundo e os seus sistemas facilitaram mais de 200 milhões de aterragens seguras em 1.400 aeroportos.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...