Bem-vindo, !|Sair

Irlandesa CityJet escolhe o SSJ100 para renovar a frota


A companhia aérea regional irlandesa CityJet anunciou na Assembleia Geral da ERA, em Berlim, que tinha escolhido o avião de 98 lugares Sukhoi Superjet 100 (SSJ100) para renovar a sua frota e o programa desenvolvimento de rede, assinando um acordo com Super Jet International (SJI) para a compra de 15 aviões e mais 10 opções. Com base no preço de tabela, o valor deste acordo é superior a 1000 milhões de dólares (873 milhões de euros), incluindo a opção de serviços. As primeiras entregas estão previstas para o primeiro trimestre de 2016. A Super Jet International é uma joint-venture entre a Finmeccanica – Alenia Aermacchi, de Itália e a Russian Sukhoi Holding.

Além deste documento, foi anunciado um acordo de “SuperCare” que garante à CityJet um apoio após-venda da sua frota de aviões Superjet 100 durante 12 anos. A frota de SSJ100 da CityJet será apoiada pela SJI com as suas soluções à medida após-venda que começarão com a entrada ao serviço dos aviões. Adicionalmente, as tripulações da CityJet começarão o seu treino no final do ano, utilizando o Full Flight Simulator do avião no Centro de Treino em Veneza. O Sukhoi Superjet 100 pode ser operado em rotas de curto e médio-curso, num raio de alcance de 4500 quilómetros.

A CityJet usará o SSJ100 para substituir a sua frota de Avro RJ85 com a qual opera para toda a Europa, incluindo o London City Airport. O SSJ100 terá de obter a certificação para operar neste aeroporto até ao final de 2016. O SSJ100 tem capacidade para 98 passageiros e é o primeiro avião da sua classe a oferecer filas de cinco bancos com uma largura de 32 polegadas (81 cm). Conjugando bancos mais largos com uma altura de cabina superior a 2 metros, o SSJ100 oferece mais espaço na cabina e nas bagageiras do que os seus concorrentes. O SSJ100 utiliza os mais recentes desenvolvimentos em matéria de design e tecnologia de voo, fornecidos por fabricantes chave como a Snecma (motores) e a Thales (aviónicos), de França, e a Goodrich (rodas) e a Honeywell (APU), dos Estados Unidos. O interior beneficia da casa de design italiano Pininfarina. O avião obteve a certificação da EASA em Fevereiro de 2012.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica