Jet2.com abre rota de Londres/Stansted-Madeira e reforça outras ligações

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Votação Newsavia - Startup Madeira Innovation Awards 2016

A companhia aérea britânica de baixo custo Jet2.com e o operador turístico Jet2holidays anunciaram o reforço de voos de Manchester e Newcastle para a ilha da Madeira, em Portugal, e o lançamento de uma nova ligação do aeroporto de Londres/Stansted a partir do próximo ano.

Ao todo passam a estar disponíveis oito voos semanais entre o Reino Unido e o Aeroporto Internacional da Madeira, representando mais 30.000 lugares relativamente ao Verão 2016. O voo de Londres/Stansted, terá início a 3 de abril de 2017, e será operado duas vezes por semana. A Madeira passa assim a estar ligada a seis destinos no Reino Unido: London/Stansted, Manchester, Leeds /Bradford, East Midlands, Newcastle e Glasgow. Todos através de voos feitos pela Jet2.com. As ligações serão asseguradas por aviões Boeing 737-800.

A propósito deste anúncio, Duarte Ferreira, diretor do aeroporto da Madeira, manifestou satisfação face ao crescente compromisso da Jet2.com e da Jet2holidays com a Madeira. “Estamos conscientes de que esta nova ligação a Londres/Stansted vai servir um novo mercado e temos a certeza que será mais uma rota bem-sucedida”, disse o responsável pelo aeroporto madeirense, citado numa nota de imprensa distribuída nesta segunda-feira, dia 24 de outubro, pela ANA Aeroportos de Portugal.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Portway e SINTAC assinam acordo de empresa

A Portway Handling de Portugal assinou com o SINTAC...

Portugueses viajam mais e escolhem a Madeira e Cabo Verde para as férias da Páscoa

Os portugueses estão a comprar mais viagens neste início...

JetBlue desiste da compra da Spirit, um projeto que não tinha o acordo das autoridades reguladoras

A companhia aérea norte-americana JetBlue, que foi fundada pelo...

Pessoal de terra da Lufthansa convoca nova greve entre os dias 7 e 9 de março

O pessoal de terra do Grupo Lufthansa convocou mais...