Bem-vindo, !|Sair

Jumbo histórico da Qantas pousou em aeroporto regional – com vídeo

Um Boeing 747-400 da companhia australiana Qantas aterrou na manhã deste domingo, dia 8 de Março, no Aeroporto Regional de Illawara, também conhecido por Aeroporto de Albion Park, no Sul de Wollongong, na Austrália. O avião, registo VH-OJA, baptizado com o nome ‘City of Canberra’, tem um passado histórico ao serviço da aviação comercial, e acaba de fazer mais um voo histórico para se acomodar no maior museu histórico e estático de aviões na Austrália. Muita História à volta do primeiro B747-400 da Qantas que esteve ao serviço da companhia 25 anos, fez 13.833 voos e transportou um total de mais de quatro milhões de passageiros (4.094.568). Voou cerca de 85 milhões de quilómetros, o equivalente a 110,2 idas e voltas à Lua…

O voo desta manhã de domingo, ainda sábado a Ocidente, durou menos de 20 minutos e foi preparado com grande rigor pelos pilotos mais cotados da Qantas, que disseram aos jornalistas que a viagem tinha sido pensada com muita minúcia, durante 25 horas de trabalho de simulador. E na verdade assim aconteceu. O Boeing 747-400 partiu de Sydney, manhã cedo, para um voo sobre o mar, contornando a costa para Sul. A dificuldade principal seria aterrar o ‘Jumbo’ numa pista de apenas 1.819 metros de extensão e com uma largura de 30 metros, sabendo que a envergadura de asas do B747-400 é de 64 metros. Por outro lado o peso do avião poderia ter um impacto muito perigoso no revestimento da pista, menos preparada para receber aviões de longo curso.

Tudo ponderado e depois de muito estudo e de uma assessoria da própria Boeing, que, por exemplo, sugeriu que os 18 pneus do ‘Jumbo’ levassem menos pressão para evitar um contacto menos violento no solo, os comandantes Greg Matthews e Ossie Miller e os co-pilotos Peter Hagley e Michael East fizeram um trabalho excepcional, que foi seguido por milhares de habitantes daquela zona da Austrália, onde as autoridades locais até proibiram a circulação de automóveis na zona do aeroporto, próximo e depois da chegada do avião, a fim de evitar qualquer distracção por parte dos automobilistas.

O Boeing 747-400 da Qantas pousou a uma velocidade mais baixa (132 nós) do que é usual nas operações com passageiros (180 nós) e utilizou quase a totalidade da pista, numa ocasião em que o vento era praticamente nulo. A aeronave estava preparada com combustível para o caso de ter borregar (arremeter) numa eventual primeira tentativa, e também preparado para regressar a Sydney caso as condições de vento não fossem propícias para o pouso.

 

Avião tem recorde de voo comercial direto mais rápido Londres-Sydney

O ‘City of Canberra’ tornou-se um avião histórico ao fazer em 1989, o voo direto entre Londres e Sydney  em 20 horas, 09 minutos e 05 segundos, um recorde que ainda hoje lhe pertence.

A partir de agora vai integrar o acervo do ‘HARS – Historical Aviation Restoration Society’, em Albion Park, que já era o mais importante museu do País de aviões clássicos e de jatos de guerra, em exposição estática. Entre eles está um Lockheed Super Constellation, que integrou a frota da companhia australiana.

O avião foi cedido gratuitamente pela Qantas ao HARS, ao contrário de outros que a companhia normalmente vende para serem cortados para aproveitamento de peças e que são levados para parques de aeronaves dispensadas pelas companhias aéreas em desertos dos Estados Unidos da América. Dos seus quatro motores apenas ficará montado um. Os restantes serão reaproveitados em outros aviões da Qantas.

“O VH-OJA tem muita história para seguir para o deserto”, disse uma fonte da companhia aérea que vai continuar com nove dos 12 aviões B747-400 que recebeu nos últimos anos. Serão remodelados e continuarão ao serviço mais alguns anos. A Qantas tem actualmente uma frota ativa de 297 aviões. Nos últimos anos os seus responsáveis têm procurado uniformizar as frotas, tendo passado de 11 modelos diferentes para sete.

Publicamos em seguida dois vídeos que foram colocados esta manhã no Youtube. Um sobre a manobra de pouso do VH-OJA em Albion Park, da autoria de um spotter. Outro que foi colocado pela Qantas e no qual a companhia australiana destaca a carreira do VH-OJA.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica